14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Gastronomia

Cascais Food Lab - Laboratório criativo para gastronomia

 

 

O novo projeto da CM Cascais estreia-se neste fim de semana na Expo Cascais e no evento “Chefs on fire”.

 

Chama-se Cascais Food Labé o novo projeto da CMC dedicado ao património gastronómico local. Visa odesenvolvimento de uma oferta gastronómica de qualidade crescente que contribua para promover o turismo gastronómico e incentivar o empreendedorismo no concelho.

 

A estreia acontece nos dias 13 e 14, ainda antes da apresentação ao público do espaço físico – a nascer no Mercado da Vila em dezembro.

 

Para mostrar já o potencial deste projeto inovador, a equipa do Cascais Food Lab está, nesta sexta-feira, a dinamizar atividades em parceria com as Terras de Cascais, na Expo'Cascais (Centro de Congressos do Estoril), com um showcooking dedicado aos doces de Cascais e ao livro "Receitas de Reis e Pescadores".

 

Sábado, dia 14, o Cascais Food Lab integra o evento “Chefs on Fire” (Espaço Fiartil), também em parceria com as Terras de Cascais, onde serão preparados e degustados “hot shots”, inspirados nos produtos das respetivas Hortas.

 

A partir de dezembro, o Food Lab terá a sua base no Mercado da Vila, assumindo-se como um verdadeiro laboratório criativo e ponto de encontro de profissionais, empresários, turistas, estudantes, crianças e de todos os que gostam de se reunir à volta de um tema e uma paixãocomum, a gastronomia.

 

Está prevista a dinamização de cursos e workshops dedicados aos mais variados temas, mas sempre ligados à  gastronomia, sempre com um objetivo em mente: permitir uma viagem rica em saberes e sabores, por meio de receitas, técnicas e truques de vários Chefs.

 

Com a criação do Cascais Food Lab é intenção da CMC potenciar a sua política de promoção para a oferta gastronómica de excelência no Município, um dos pilares fundamentais para o desenvolvimento turístico sustentável e de qualidade, na região.

 

Cofinanciado pelo Projeto Mar 2020 e operacionalizado pela empresa Municipal Cascais Ambiente, o Cascais Food Lab conta aindacom o apoio da DNA Cascais.

 

 

Fornos de Algodres apresenta loja online "O Bom Sabor da Serra"

 

A Câmara Municipal de Fornos de Algodres vai apresentar a plataforma digital “O Bom Sabor da Serra”, numa iniciativa que divulga os produtos locais e que será dada a conhecer no próximo dia 13 de setembro, a partir das 15h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, com a presença do secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Gomes Mendes.

 

“O Bom Sabor da Serra” é uma loja online, criada pela autarquia, que aproxima os consumidores de todo o mundo do comércio e produtos regionais de Fornos de Algodres, valorizando a economia local. Através desta plataforma digital, é possível encomendar queijo da Serra da Estrela, enchidos, vinho, azeite ou queijadas, entre outras iguarias, com ingredientes da região.

 

A loja pode ser visitada em https://obomsabordaserra.pt/ e a gestão das encomendas é da responsabilidade de cada um dos produtores.

 

O projeto tem o apoio do Fundo Ambiental e está inserido na Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020. Com esta iniciativa, o município de Fornos de Algodres aposta na dinamização do comércio local, com a divulgação dos produtos e gastronomia da região.

 

Mel Biológico do Parque de Montesinho é uma das 7 Maravilhas Doces de Portugal

 

 

Produto de sabor e aroma característicos do nordeste transmontano foi eleito no último sábado, 7 de setembro, em Montemor-o-Velho.

 

O Mel do Parque de Montesinho, com Denominação de Origem Protegida (DOP), é elaborado a partir do néctar das flores que fazem parte da flora característica da região, em que predomina a urze e o castanheiro. Por se tratar de um mel de zona de montanha, onde não é permitida qualquer agricultura artificial, a movimentação de colmeias, o uso de produtos químicos ou a introdução de espécies de abelhas oriundas de outras regiões, este produto preserva uma longa tradição e mantém o seu sabor e aroma únicos.

 

Hernâni Dias, Presidente da Câmara Municipal de Bragança, refere: o Mel do Parque de Montesinho é um excelente embaixador da região, um símbolo da gastronomia de Bragança, um produto de qualidade já reconhecida e conta agora com mais uma distinção que muito nos orgulha.

 

Acrescenta ainda: a par do reconhecimento de qualidade que o mel traz para a região é de destacar que a apicultura desempenha um papel muito importante para a preservação da biodiversidade. Sem abelhas sabemos que muitos dos produtos que consumimos não se conseguiriam produzir. O nosso mel é produzido através de métodos responsáveis, que não prejudica as abelhas que o produzem e que, desta forma, contribuem para a manutenção do ecossistema.”

 

O Mel do Parque de Montesinho é produzido a uma altitude máxima de 1475 metros, na Serra de Montesinho. Caracteriza-se por um sabor forte, persistente e harmonioso, no equilíbrio entre o doce, o amargo e o salgado. Distingue-se por apresentar um perfil de aromas complexo com expressões florais e frutadas, acompanhadas de madeiras secas e um caramelo suave, que prende os aromas e permite que estes persistam após a degustação.

 

A história do Mel do Parque de Montesinho DOP tem uma longa tradição que se encontra documentada e que recorda que, no passado, os apicultores da região nunca vendiam os seus enxames e, quando necessário, os trocavam entre si. O testemunho dessa tradição está explicita neste provérbio: «Colmeias e ovelhas: nem comprá-las nem vendê-las».

 

 

Sobre Bragança: Bragança é um dos maiores concelhos do país, com 1.174 km2, distribuídos por 39 freguesias, 114 aldeias, uma vila e uma cidade com 35.341 habitantes. A proximidade à Rede Espanhola de Alta Velocidade (AVE), na ligação Corunha – Madrid, com uma paragem em Puebla de Sanábria (30km de Bragança) coloca Bragança, cada vez mais, como o território mais próximo do centro da Europa. Com uma biodiversidade surpreendente, inserida na Reserva da Biosfera Meseta Ibérica, esta pérola transmontana assume-se como um território para conquistar.

 

 

Festival do Berbigão celebra 17 anos em duas noites e com mil e uma iguarias

 

 

Massa de berbigão, arroz e papas do mesmo, rissóis de berbigão e berbigão ao natural são algumas das propostas deste Festival que dedica todos os verões a este molusco.

 

14 e 15 de setembroPolidesportivo da Figueira 

 

 

A 17ª edição do Festival do Berbigão, decorre no fim de semana de 14 e 15 de setembro no Polidesportivo da Figueira, entre as 19h00 e 01h00 e promete, mais uma vez, levar milhares de pessoas a esta localidade da freguesia da Mexilhoeira Grande, em Portimão.

 

Este certame estima receber nos dois dias de festa cerca de seis mil visitantes e volta a fazer as delícias de residentes e turistas como um evento gastronómico, por excelência, onde o berbigão é confecionado das mais diversas formas: massa de berbigão, arroz de berbigão, papas de berbigão, rissóis de berbigão e, claro, berbigão ao natural são algumas das propostas.

 

Este festival gastronómico aposta em pratos confecionados com berbigão mas os visitantes também poderão deliciar-se com outros bivalves igualmente apreciados: as ostras confecionadas no local. A doçaria e a pastelaria local estão igualmente ao dispor, bem como outros comes e bebes, tudo a preços muito apelativos.

 

O recinto do festival tem capacidade para cerca de 600 lugares sentados e irão ser preparadas cerca de uma tonelada e meia de berbigão para fazer as delícias a mais de cinco mil pessoas que procuram um dos pratos mais genuínos e saborosos da gastronomia regional. Este bivalve saboroso tradicionalmente confecionado de uma forma simples surge neste certame sob as mais diversas formas, sempre tendo como base um pouco de azeite, um ramo de salsa ou coentros e um dente de alho.

 

A música garantirá o entretenimento para que toda a gente possa dançar, e no primeiro dia inclui a atuação da acordeonista Vera Lúcia e o espetáculo com Vânio e Bailarinas, enquanto no dia seguinte, após a atuação do acordeonista Ricardo Alves, a música ficará a cargo de THE PEAKLES - um tributo aos Beatles que promete encantar o público.

 

Este festival de dois dias e com mil e uma iguarias oferece a oportunidade para experienciar uma verdadeira festa típica, enriquecida pela comunidade e visitantes e pela gastronomia tradicional algarvia. Com uma forte componente voluntária, o Festival do Berbigão conta com mais de 100 voluntários, que começam a trabalhar quinze dias antes na preparação do evento para que cada edição seja inesquecível e deliciosa.

 

Cada ano que passa, este Festival bate o recorde de entradas, comprovando o interesse por parte daqueles que o visitam em degustar este bivalve nas mais diversas formas. O número de visitantes no ano de 2018 foi de 7000, 2017 foi de 6000 e no ano de 2016 foi de 5000 mil.

 

A Figueira organiza há 17 anos consecutivos o Festival do Berbigão, em honra ao lugar especial que este molusco tem no seu coração, pois a apanha do berbigão na Ria de Alvor data bem para lá da antiguidade, tendo este negócio sustentado muitas famílias locais em tempos idos.

 

O certame vai decorrer entre as 19h00 e a 01h00 e a entrada custa 3.50 euros, numa organização da Sociedade Recreativa Figueirense, com os apoios da Câmara Municipal de Portimão e da Junta de Freguesia da Mexilhoeira Grande.

 

 

Casino Estoril propõe jantar temático com a melhor gastronomia Açoriana a 11 de Setembro

 

 

Com uma diversificada oferta gastronómica, o acolhedor espaço do Buffet Clube IN do Casino Estoril sugere, para o próximo dia 11 de Setembro, a partir das 19h30, um Jantar especial dedicado aos Açores. Trata-se de mais uma noite temática do Buffet Clube IN que sugere, desta vez, um menu com as melhores iguariasdesta região insular.

 

Conhecido pelas suas propostas temáticas, o Buffet Clube IN convida, assim, os visitantes do Casino Estoril a experimentar as mais genuínas especialidades das ilhas açorianas.

 

Tome nota da ementa:

 

Buffet Clube IN do Casino Estoril - Açores:

 

Quentes

- Sopa do Espírito Santo da Terceira

- Polvo Guisado à moda do Faial

- Lombos de Espadarte Grelhados com Azeite e Alcaparras

- Pojadouro de Novilho no Forno à Antiga

- Bife de Vitelão da Ribeira Grande

 

Frios

- Espelho de Charcutaria Diversa

- Saladas Simples e Compostas

 

Sobremesas

- Doces Tradicionais da Região do Açores

- Fruta Diversa da Época

                                         

Bebidas

- Vinhos: 1/2 Garrafa de Vinho Branco ou Tinto

- 2 Imperiais, 2 Águas ou 2 Refrigerantes

 

Com um moderno layout, o acolhedor espaço do Buffet Clube IN dispõe de, aproximadamente, 90 lugares. Todos os dias, das 19h30 às 23h00. Preço: 16 euros.

 

O acesso ao Casino Estoril é livre, sendo que a partir das 22 horas, é para maiores de 14 anos, e maiores de 10 anos acompanhados pelos pais. Nas áreas de Jogo é para maiores de 18 anos.

 

 

Festa dos Sabores na Amadora

 

 

A Festa dos Sabores está de volta!

Para comemorar os 40 anos da cidade da Amadora, o Parque Delfim Guimarães ganha novas cores, cheiros e sabores, com gastronomia tradicional portuguesa, doçaria regional e outras iguarias, bem como uma grande variedade de artesanato.
 
Nesta festa não poderia faltar a habitual animação musical e a dança. 

O grupo musical Tributo Popular (7 setembro), o Festival de Folclore (8 setembro), o Dia do Alentejo (14 setembro), a Banda Pacífico Sul (21 setembro) e o Festival de Bandas Filarmónicas serão algumas das atrações.
 
Esta iniciativa é organizada pela Junta de Freguesia da Venteira e conta com o apoio da Câmara Municipal da Amadora.
 
A alguns metros do Parque Delfim Guimarães, decorrem também, de 7 a 15 de setembro, as Festas no Parque, no Parque Central, que compõem o cenário das celebrações, com vários divertimentos, desde carrinhos de
choque, aos carrosséis e insufláveis, e onde as pipocas e farturas não poderiam faltar. 

Festa dos Sabores | 6 a 22 setembro | Entrada livre
Horário de funcionamento:
Segunda a quinta-feira e domingo: 10h00 às 20h00 | Sexta-feira e sábado: das 10h00 às 22h00 
Parque Delfim Guimarães
Av. da República | 2700-159 Amadora | Freguesia da Venteira 
  
Festas no Parque | 7 a 15 setembro | Entrada livre
Divertimentos pagos
Horário de funcionamento:
Segunda a sexta-feira: 15h00 às 20h00 | Sábado: das 10h00 às 22h00 e domingo: das 10h00 às 20h00
Parque Central da Amadora| Polidesportivo
Estr. Central, 2650 Amadora | Freguesia de Mina de Água 
 
Estas iniciativas estão integradas no programa das comemorações do 40.º aniversário do município da Amadora. Para conhecer o programa geral, consulte o site Amadora em Festa.
 

 

 

A melhor gastronomia algarvia no restaurante “Le Buffet” do Casino Lisboa

 

 

É já na próxima Sexta-Feira, 6 de Setembro, que o restaurante ”Le Buffet” do Casino Lisboa propõe um jantar temático dedicado ao Algarve. Trata-se de mais uma iniciativa gastronómica do Casino Lisboa que sugere, desta vez, um menu com as melhores iguariasdesta região. A não perder, a partir das 19h30. Preço por refeição de €16,00 por pessoa com bebidas incluídas.

 

Com largas tradições gastronómicas, o Algarve estará, assim, em destaque no “Buffet Regional do Casino Lisboa”, uma iniciativa que apresenta, mensalmente, as melhores especialidades nacionais de norte a sul do País e ilhas.

 

Buffet do Algarve no Casino Lisboa

Entradas

- Salada Algarvia

- Salada de Atum à Algarvia

- Salada de Tomate

- Salada Algarvia de Cenoura

 

Quentes

- Sopa de Peixe

- Galinha Cerejada à Loulé

- Arroz de Tamboril à Pescador

- Choquinhos à Algarvia

- Tomatada à Algarvia

 

Sobremesas

- Fruta Fresca Laminada

- Pudim de Laranja

- Bolo de Amêndoa

- Doce de Figo

- Morgado de Amêndoas

 

Bebidas

- 2 Bebidas

 

Com um ambiente acolhedor, “Le Buffet” distingue-se pelas suas oportunas ofertas gastronómicas. Em parceria com a empesa Cerger, o “Le Buffet” do Casino Lisboa acolhe jantares em serviço de buffet livre, sendo o preço por refeição de €16,00 por pessoa com bebidas incluídas.

 

Situado no piso 1 do Casino Lisboa, o restaurante Le Buffet está vocacionado para um serviço rápido e de excelência, oferecendo as melhores especialidades regionais portuguesas. Aberto diariamente das 19h30 às 23h30.

 

As reservas poderão ser feitas através do seguinte contacto: +351 21 892 90 50

O acesso ao Casino Lisboa é livre, sendo que a partir das 22 horas, é para maiores de 14 anos, e maiores de 10 anos acompanhados pelos pais. Nas áreas de Jogo é para maiores de 18 anos.

 

 

Casino Lisboa propõe Jantar temático com a melhor gastronomia algarvia a 6 de Setembro

 

 

O restaurante ”Le Buffet” do Casino Lisboa sugere, para a noite de 6 de Setembro, um jantar temático dedicado ao Algarve. Trata-se de mais uma iniciativa gastronómica do Casino Lisboa que propõe, desta vez, um menu com as melhores iguariasdesta região. A não perder, a partir das 19h30. Preço por refeição de €16,00 por pessoa com bebidas incluídas.

 

Com largas tradições gastronómicas, o Algarve estará, assim, em destaque no “Buffet Regional do Casino Lisboa”, uma iniciativa que apresenta, mensalmente, as melhores especialidades nacionais de norte a sul do País e ilhas.

 

 

Buffet do Algarve no Casino Lisboa

 

Entradas

- Salada Algarvia

- Salada de Atum à Algarvia

- Salada de Tomate

- Salada Algarvia de Cenoura

 

Quentes

- Sopa de Peixe

- Galinha Cerejada à Loulé

- Arroz de Tamboril à Pescador

- Choquinhos à Algarvia

- Tomatada à Algarvia

 

Sobremesas

- Fruta Fresca Laminada

- Pudim de Laranja

- Bolo de Amêndoa

- Doce de Figo

- Morgado de Amêndoas

 

Bebidas

- 2 Bebidas

 

 

Com um ambiente acolhedor, “Le Buffet” distingue-se pelas suas oportunas ofertas gastronómicas. Em parceria com a empesa Cerger, o “Le Buffet” do Casino Lisboa acolhe jantares em serviço de buffet livre, sendo o preço por refeição de €16,00 por pessoa com bebidas incluídas.

 

Situado no piso 1 do Casino Lisboa, o restaurante Le Buffet está vocacionado para um serviço rápido e de excelência, oferecendo as melhores especialidades regionais portuguesas. Aberto diariamente das 19h30 às 23h30.

 

As reservas poderão ser feitas através do seguinte contacto: +351 21 892 90 50

O acesso ao Casino Lisboa é livre, sendo que a partir das 22 horas, é para maiores de 14 anos, e maiores de 10 anos acompanhados pelos pais. Nas áreas de Jogo é para maiores de 18 anos.

 

 

Festival da Sopa da Pedra regressa a Almeirim

 

 

O Festival da Sopa da Pedra regressa a Almeirim, numa iniciativa promovida pela Câmara Municipal e que decorre entre 28 de agosto e 1 de setembro, em parceria com a Confraria Gastronómica local.

 

Com entrada livre, a edição de 2019 vai decorrer no Parque das Tílias, em Almeirim e, além da degustação da tradicional sopa da pedra e de outros produtos regionais, estão programadas demonstrações de culinária ao vivo com chefes de cozinha.

 

Provas de vinho, artesanato e animação musical, com artistas como Quim Barreiros ou David Antunes, completam as propostas para os cinco dias do evento.

 

O Festival da Sopa da Pedra recebeu o prémio de “Melhor Evento de Gastronomia de 2018”, atribuído pela Entidade Regional de Turismo (ERT).

 

Com esta iniciativa, a Câmara Municipal de Almeirim continua a promover os produtos regionais e a fomentar o turismo gastronómico na região.

 

 

2º Festival do Peixe e Marisco aMAR Matosinhos

 

O Festival do Peixe e Marisco aMAR Matosinhos está de regresso para uma segunda edição cheia de novidades, a começar com o alargamento do horário de funcionamento que, este ano, além do jantar, abrange a hora de almoço.

 

No ano passado, quase 30 mil pessoas visitaram o recinto instalado no Jardim Senhor do Padrão, entre os quais muitos estrangeiros, oriundos de países como Estados Unidos da América, Austrália, Japão, República Checa, Canadá, França, Alemanha, Espanha ou Reino Unido.

 

Promovido pela Câmara Municipal de Matosinhos, o Festival do Peixe e Marisco decorre de 23 de agosto a 1 de setembro. 20 expositores darão a conhecer especialidades gastronómicas de peixe, mariscos e frutos do mar.

 

Para além dos pratinhos de degustação disponíveis nos stands, o evento contará com a participação dos restaurantes de Matosinhos que, uma vez mais, irão associar-se a este evento. São mais de 70 os restaurantes aderentes com menus especialmente produzidos para o festival - uma entrada, um prato, uma sobremesa, um copo de vinho e um café.

 

O Festival do Peixe e Marisco aMAR Matosinhos incluirá provas comentadas de vinhos, workshops e sessões de showcooking a cargo de conceituados Chefs portugueses como Marco Gomes, Cristina Manso Preto, Hélio Loureiro, Hugo Dias, António Vieira, entre outros.

 

Haverá ainda uma área lounge, com música ao vivo e atividades para crianças, onde os visitantes poderão degustar os petiscos num ambiente descontraído.

 

O Festival do Peixe e Marisco aMAR Matosinhos insere-se na estratégia de promoção turística que a Câmara Municipal tem vindo a desenvolver, de que é exemplo a criação da marca “World’s Best Fish”.

 

A primeira edição do Festival de Peixe e Marisco aMAR foi um sucesso e contribuiu para aumentar a notoriedade de Matosinhos a partir de um dos seus principais eixos, o mar”, adianta a presidente da autarquia.

 

Luísa Salgueiro quer, por isso, “dar continuidade a este trabalho e intensificar a notoriedade da marca Matosinhos World’s Best Fish, assegurando-lhe um estatuto de excelência, bem como potenciar o crescente fluxo de turistas que visitam o norte do país”.

 

Para mais informações sobre o evento, consulte o programe em amarmatosinhos.pt

 

Horário:

segunda a sexta: das 12h30 às 22h30

sábados: das 12h30 às 23h00

domingos: das 12h30 às 22h30

 

Fofos de Belas apurados para semi-final “7 Maravilhas Doces de Portugal”

 

Os Fofos de Belas foram o segundo doce mais votado pelo Distrito de Lisboa, do concurso “7 Maravilhas Doces de Portugal”, e seguem agora para a semi-final em Miranda do Corvo, no dia 21 de agosto.

 

Ao todo serão 7 os doces a concorrer pelos 7 distritos portugueses. A Gala Final decorre a 7 de setembro na RTP1, em horário nobre e dos 14 finalistas apurados vão ser eleitos 7 doces pelos portugueses como 7 Maravilhas de Portugal®.

 

Para votar nos Fofos de Belas ligue 760 107 121

 

Inicialmente chamados Fartos de Belas, estes pequenos pães-de-ló., recheados de creme e polvilhados com açúcar, são confecionados na Famosa Fábrica dos Fofos de Belas, desde 1850. Feitos de ovos, farinha, e leite para o creme, vão ao forno de lenha em pequenas formas, fazendo as delicias de quem os provam.

 

 

Mais informações em https://7maravilhas.pt/

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 23 de setembro de 2019 – 15:51:31

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...