14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Intervenção de Santiago Morilla na Garraiada de Monsaraz

 
 

A Trienal no Alentejo associa-se às Festas em Honra de Nosso Senhor Jesus dos Passos, em Monsaraz, para apresentar a performance de Santiago Morilla em plena arena da praça de touros. A Garraiada no Castelo de Monsaraz é o pretexto para mais uma obra de grandes dimensões do artista espanhol. Pelas 17 horas do dia 13 de setembro.

 

A arena da praça de touros no Castelo de Monsaraz serve de palco à intervenção de Santiago Morilla, durante as Festas em Honra de Nosso Senhor Jesus dos Passos. O artista espanhol que já nos habituou às instalações de grandes proporções em espaços públicos, aposta desta vez num projeto de carácter efémero que privilegia o olhar artístico sobre um espaço representativo da identidade regional alentejana. 



A intervenção inicia-se com a elaboração prévia de vários desenhos em cal branca sobre o terreno da arena que vão sofrer metamorfoses provocadas pela movimentação de pessoas e animais, no decorrer da Garraiada. A deformação progressiva das imagens será devidamente documentada em fotografia e vídeo a partir da Torre de Menagem do Castelo de Monsaraz, de forma a captar todo o processo de destruição da obra. A performance terá a duração da tourada e o material resultante desta intervenção será objeto de exposição na Igreja de Santiago.



Comissariado-geral de D. André de Quiroga.

 

Santiago Morilla é um artista multifacetado que trabalha em formatos como o vídeo, fotografia, multimédia e pintura. Natural de Espanha, é conhecido pela sua vertente urbana de intervenção em exteriores de edifícios, como é o caso da Fondazione Pastificio Cerere de Roma e a Real Academia de Espanha em Roma. É licenciado em Belas Artes pela Universidade Complutense de Madrid e estudou ainda no Media Lab da Universidade de Arte e Design de Helsínquia, na Finlândia. Sendo um dos primeiros jovens a quem o Museu de Ilustração ABC em Madrid dedicou uma exposição individual, em 2011, conta já com várias exposições nacionais e internacionais.

 

Este projeto insere-se na programação de 2014 da Trienal no Alentejo, evento organizado pela Associação Aspas e Parênteses que tem como objectivo trazer a esta região portuguesa alguns dos mais significativos nomes da cena artística contemporânea. As obras, inspiradas pelo património e imaginário alentejano, são depois produzidas e instaladas na região, mas também fora, nos grandes eventos mundiais, tornando-as consequentemente em veículos de promoção e divulgação nacional e internacional da especificidade e riqueza da sua cultura.


 
No novo ciclo de eventos da TnA, que vai decorrer entre setembro e outubro, está ainda incluída a inauguração de três exposições numa ação conjunta da TnA: “Espaço de Pensamentos” de Ricardo Calero; “Gabinete de Curiosidades” de Rodrigo Bettencourt da Câmara; e “Dónde Dormir – Biblioteca” de Eugenio Ampudia, na cidade de Évora. 

 

Michael Petry leva ainda ao Palácio dos Duques de Cadaval uma instalação que evoca a tradição de vinhos no Alentejo com “Libation Bowls”.

 

Já em outubro Perrine Lacroix propõe com a exposição “Dormente de Mó (menir 52)” uma revisitação ao património da olaria alentejana na Casa de Burgos em Évora.

 

Trienal no Alentejo

 

A Trienal no Alentejo, organizada e promovida pela Associação Aspas e Parênteses, em conjunto com diferentes entidades regionais, nacionais e internacionais, é uma iniciativa que tem por objetivo dotar o Alentejo de um evento de projeção global através da produção e instalação de trabalhos de artistas contemporâneos de renome internacional, promovendo os fatores únicos da região.


 
Inspirados no património natural, humano, histórico e cultural, os diversos projetos artísticos são concebidos in site specific no âmbito da TnA para os mais diversos locais (adegas ou lagares, montados ou quintas, ruas ou centros comunitários, igrejas ou museus). Construídos com base na informação recolhida sobre o território e com recurso aos materiais típicos e/ou originários da região, retiram o Alentejo e o seu terroir, transformando-os – às obras, exposições e aos artistas participantes – em veículos de promoção e divulgação nacional e internacional da especificidade e riqueza alentejana.

Periodicidade Diária

quinta-feira, 16 de julho de 2020 – 13:00:12

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...