13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Marco Fortes

 
Marco Fortes
Data de Nascimento: 26. Setembro. 1982
Campeão e recordista nacional de Lançamento do Peso
Primeiro lançador masculino português a participar nuns Jogos Olímpicos
Clube: Sport Lisboa e Benfica
 
 
Breve Biografia Desportiva
 
2009

1ª participação num Mundial, Berlim2009

Campeão Nacional de Disco, com a marca de 58,32m (bateu o seu recorde pessoal por quase três metros e é agora o quarto melhor português de sempre)

Medalha de Ouro nos Campeonatos Distritais no lançamento do Peso e Medalha de Bronze no Lançamento do Disco

Medalha de Ouro nos Jogos da Lusofonia

Novo recorde nacional com 20,52m, no Meeting Iberoamericano, em Huelva (onde fez mais lançamentos acima do recorde nacional – 20,25m e 20,45m)

Conquista do mínimos para os Mundiais de Berlim

Revalidou o titulo nacional individual e de equipa



 
2008
Bateu o recorde nacional por três vezes

Marco Fortes bateu o recorde de Portugal do Lançamento do Peso com um arremesso a 20,08 metros, no segundo ensaio.

Prémio Stromp, de melhor atleta do ano, ao serviço do Sporting

Em Pequim'2008 foi a estreia de um representante masculino da disciplina nos Jogos Olímpicos

16. Março.2008
Recorde Nacional - 20,13m (qualificação para os JO Pequim), na Taça da Europa em Split, Croácia e medalha de prata (a 200ª medalha para o atletismo português)

09.Fevereiro.2008
20,08m - Primeira vez que passa a marca dos 20 metros, no Meeting de Valência (actual recorde nacional de pista coberta) - Marco Fortes torna-se assim no primeiro atleta português a passar os 20 metros nesta especialidade.

2001
Medalha de bronze nos Campeonatos da Europa de Juniores, em Grosseto

2000
Campeão nacional pela primeira vez de lançamento do peso (e todos os anos desde então) e de lançamento do disco
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
Qual era o seu sonho de criança? Atingiu-o?

Em criança queria era brincar, passar o dia na rua com os meus amigos. Só quando comecei a participar em competições mais significativas é que me apercebi que podia estar entre os melhores do mundo, e depois de quatro anos de trabalho consegui finalmente os mínimos para estar presente nos Jogos Olímpicos. Nunca nenhum lançador português tinha alcançado tal.

Onde e quando começou a praticar desporto? O atletismo sempre foi a sua modalidade preferida?

Pratiquei sempre atletismo, mas não comecei pelo lançamento do peso, mas sim pelo salto em altura e nas barreiras, mas uma lesão obrigou-me a mudar de modalidade. E ainda bem que assim foi.

Com a estrutura física que tem, nunca pensou apostar "a sério" no halterofilismo?

A estrutura fisica que tenho não foi sempre assim, como calcula. Quando atinge a altura e o peso que tenho hoje em dia já era campeão nacional de lançamento do peso, não fazia sentido mudar de modalidade.

Onde realiza os seus treinos?

Na pista do Lumiar, até as obras da pista do Jamor estarem finalizadas.

Com que apoios conta, actualmente? Exerce outra actividade, em paralelo com a prática do atletismo?

Tenho o patrocínio da RSFitness que me faz um acompanhamento personalizado e pormenorizado a nível de suplementação e avaliação corporal, que elaborado com base nos treinos e no calendário de provas tal como as aulas de pilates com os professores da Authentic Pilates, que são um complemento essencial para o meu treino e o equipamento por parte da Adidas. Neste momento para além dos treinos frequento as aulas na universidade.

Na sua opinião, o que mudou no sector de lançamentos, em Portugal, desde que começou a competir?

Sem duvida alguma que a grande mudança no sector se fez sentir em relação os técnicos, que notoriamente começaram a munir-se de mais e melhores conhecimentos. Daí o consequente evoluir continuo da modalidade.

Quais são os/as jovens portugueses/as com maior futuro, neste sector?

Neste momento, e no meu entender, existem duas atletas em Portugal que têm potencial de alcançar o topo mundial e ambas no lançamento de Disco: a Irina Rodrigues e a Liliana Cá. Ambas são dotadas de um imenso potencial e só depende delas e os seus técnicos lá chegarem. No lançamento do dardo o jovem Tiago Aperta tem mostrado resultados muito interessantes numa disciplina que é muito complicada de se treinar, devido à sensibilidade do engenho. Tenho grandes espectativas em relação aos três.

Que características considera indispensáveis para se estar entre a "alta roda" mundial, no arremesso do peso?

Um espírito de lutador, uma boa condição física e uma experiencia ainda maior são as principais características para se poder bater com atletas de topo mundial.

Nesta fase da época, qual o seu volume de treino e que cuidados especiais tem com a alimentação?

Esta altura é o inicio de época, a chamada pré-época e como tal estamos a retomar os treinos e a recuperar a forma física. A intensidade dos treinos vai aumentando gradualmente, tal como os cuidados alimentares e a suplementação, para poder ter não só maior rendimento no treino mas também para consiga fazer uma recuperação a 100%.

O que lhe falta, ainda, para atingir a final de uma grande competição internacional?

Continuar a progredir como tem acontecido até aqui.

Na última época, surpreendeu, ao conquistar o título de campeão nacional do lançamento do disco?

Depois de ter conquistado uma boa marca nos regionais decidi lançar nos nacionais. Achei que conseguia chegar ao titulo nacional e consegui. Foi mais uma meta pessoal que queria ultrapassar.

Quais os seus objectivos desportivos, para esta época? E para o futuro?

Os objectivos são os mesmo do ano passado: superar as marcas conquistadas até agora e registar novos recordes e ultrapassar novas metas. O futuro é uma incógnita, não gosto de fazer previsões.

Apesar dessa data ainda se encontrar distante, já pensou o que vai fazer, profissionalmente, depois de deixar o atletismo enquanto atleta?

Este ano iniciei um curso superior já a pensar no meu futuro profissional. Quero continuar associado ao desporto, mas mais numa vertente de complemento ao treino e às competições.

Que mensagem quer deixar, a quem lê esta entrevista?

Nada se consegue sem muito trabalho, força de vontade e perseverança. E uma pequena dose de boa disposição, claro.

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 19 de agosto de 2019 – 04:30:33

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...