18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Fim de semana não começa bem, mas Martim Patrício #22 dá-lhe a volta

Martim Patrício #22, piloto do campeonato MIR Moto5, com a sua MIR250, inicia a época com uma desistência e um pódio no CNV a 29 e 30 de Abril.

 

AMMA: Como foi pegar na mota, parada há algum tempo, e ter dado alguns problemas na pista? Como geriste isso?

Martim Patrício: Foi complicado mas tínhamos que manter a calma e ver de onde vinha o problema da mota. Não foi fácil porque desde de Novembro do ano passado que não tocava na mota e sem treinos. Então estava desejoso para poder andar nela mas tinha algo mal que teria de ser resolvido. Em ambos nos treinos contando com os privados e na 1ª manga ela não estava a colaborar em nada. A mota tinha levado praticamente tudo novo, não tinha motivos para estar a dar problemas. Inclusivamente estava a fazer rodagem no motor novo. Mas por fim no domingo conseguimos resolver o problema dela uma coisa mínima mas que é o bastar para ela parar.

 

AMMA: Na tua perspectiva global como foi o vosso fim de semana?

MP: 6ª Feira e sábado foi para esquecer. Não consegui rodar em pista. O máximo de voltas foram umas 2. No domingo nos treinos só consegui fazer 3 voltas e tornei a parar. Não conseguimos controlar o meu tempo em pista com a mota a parar. A corrida 1 de sábado acabei por não a consegui fazer. Contudo domingo foi o grande dia apesar de não ter conseguido fazer os treinos. Consegui ir para a última manga sem que a mota desse problemas. Fiz a prova completa no meu tempo de 2.17. Dei o meu melhor, corei atrás do pódio e consegui obter o meu 3º lugar na luta com mais dois pilotos. Estávamos muito apegados uns aos outros. Mas que fique claro aqui eu estava sem treinos desde da última prova de Novembro 2022 e estava a fazer rodagem ao motor.

AMMA: Relativamente ao 3º lugar de domingo, como ficaram vocês, tu e a tua equipa com a subida ao pódio?

MP: Esta minha primeira subida ao pódio do Estoril foi bem merecida depois de uma 6ª feira e um sábado bastante stressantes… mas foi bastante importante tanto para mim como para a minha equipa e mesmo outras equipas ficaram super contentes pela minha  dedicação no dia de domingo.. O 3 lugar é nosso. Neste momento encontro-me em 3º lugar na classificação geral, para a qual tenho que me dedicar muito aos treinos para poder subir mais alto. Para isso teremos de trabalhar mais ainda para poder realizar muita coisa.

 

AMMA: Este ano tens fato novo, novas t-shirts da equipa com alteração nas cores. Que motivo tiveram para fazer estas alterações?

MP: Sobre o meu fato novo e as nossas cores… a CRT Team este ano veste-se de azul rosa e amarelo, são cores alegres tal como nós equipa. O meu fato este ano foi feito à minha medida pela GP ALPHA, um fato muito confortável apesar de ainda me estar habituar a ele.

 

AMMA: Soubemos que tiveste um momento de grande Fair Play com um novo piloto. Com este gesto significa que vais apadrinha-lo?

MP: O João já anda comigo nas motas há alguns anos. Estivemos na mesma escola de motociclismo, partilhámos as mesmas pistas e com motas iguais. Muitas vezes falamos sobre os acontecimentos dentro e fora da pista. O João para mim é um grande amigo, como um irmão. Tanto ele como a restante equipa dele que este fim de semana foram cinco estrelas comigo, quem sabe eu possa apadrinhar o João.

 

AMMA: Que expectativa tens para a próxima corrida?

MP: A minha expectativa na próxima prova é dar o meu melhor estar focado e principalmente me divertir e este ano muito provavelmente será o meu último ano na MIR Moto5. Para o ano mudarei de classe, mas tudo com seu tempo.

 

AMMA: Sei que gostas de terminar a nossa conversa com os teus agradecimentos…

MP: Quero agradecer aqui ao Celso, mecânico do João, por ter ajudado a organizar a minha mota a tempo para poder entrar em pista. Agradeço a equipa do Rui Afonso por ter ajudado a limpar o meu depósito. Agradeço ao Pedro por se ter disponibilizado ajudar o Rúben dentro e fora da box. Agora um especial obrigado ao Rúben por tudo o que fez no fim de semana foram horas de trabalho mas valeu a pena. Um muito obrigado a família do João piloto #63 pelo apoio que estão a dar à mim e à minha mãe. Obrigado Mário Simão e a sua mulher pelos conselhos.

 

Equipa: 

CRT Centaur Racing Team

 

Patrocinadores e Apoios:

Cascais Jovem

Câmara Municipal de Cascais 
União de Freguesias de Cascais e Estoril
Motor Clube do Estoril
Echo Rent
Take.it.e8g
AMMA Magazine
 

Texto: Pedro MF Mestre
Fotos: Carlos Gurkas Gonçalves e Cedidas por Martim Patrício

 

Periodicidade Diária

quinta-feira, 20 de junho de 2024 – 16:22:19

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...