13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Lacrosse

alt
 
O Lacrosse já chegou ao nosso país. sabe o que é? a seguir, fique a conhecer um pouco mais sobre este "novo" desporto, lendo a entrevista que fizemos a Pedro Machado, da Lisboa Lacrosse.
 
alt
 
O Lacrosse em Portugal
O Lacrosse chegou a Lisboa em Agosto de 2008.
Em finais de 2009, os jogadores existentes criaram a organização Lisboa Lacrosse.
Em Outubro de 2010, nasce a primeira equipa em Lisboa, os Lisboa Viriatos Lacrosse.
Finais de Janeiro de 2011. o Clube Recreativo Águias da Musgueira junta o Lacrosse às suas secções, e nascem. assim. os Lisboa Águias Lacrosse.
Em 3 de Outubro de 2011, nasce a APL - Associação Portuguesa de Lacrosse.
No inicio da modalidade, em 2008, eram quatro os praticantes iniciais. Agora, há trinta praticantes em Lisboa e o número não pára de crescer.
 
- As origens do Lacrosse datam do século XIII. Fale-nos um pouco dessa origem e da sua evolução histórica ao longo dos tempos.
 
Como está documentado, o Lacrosse surgiu em meados do século XIII, inventado pelos nativos norte-americanos, e é, por isso, considerado o desporto norte-americano mais antigo. Entre os Indios, o Lacrosse é conhecido pelo jogo do criador e para os Indios, o Lacrosse é tudo e fazem questão de o passar aos mais jovens desde o seu nascimento. O jogo começou por ser muito intenso, violento e rápido, e era utilizado para resolver conflitos tribais em que participavam largas centenas de nativos. O campo de Lacrosse podia atingir medidas entre os 500 metros e vários quilómetros, as balizas eram elementos naturais como pedras ou árvores e os jogos podiam decorrer durante todo o dia, ou prolongar-se por vários dias. Os bastões eram feitos de madeira, a rede de pelo de veado e a bola era de madeira maciça, ao contrário dos dias de hoje, em que é de borracha sólida. Passados uns largos anos, em 1750, o Lacrosse foi apresentado aos canadianos de origem francesa, que devido à forma do bastão utilizado pelos nativos, semelhante a um bastão episcopal, utilizado pelos bispos em cerimónias religiosas, lhe deram o nome de “la croix” e que, posteriormente, foi alterado para “lacrosse” na zona do Canadá que fala Inglês. Há ainda outra teoria que defende que o nome vem da descrição feita por missionários franceses “Le jeu de la Crosse”, em português jogo de bastões.
Mais recentemente, em 1904, o Lacrosse foi introduzido como desporto olímpico, tendo o Canadá ganho a medalha de ouro.
Começou a ser introduzido nas Universidades (1877) e nos nossos dias o Lacrosse é o desporto que mais cresce em todos os E.U.A, que conta, neste momento, com mais de 1.6 milhões de praticantes e cresce a uma média de 35% ao ano.
Para breve, o Lacrosse deve voltar a ser desporto olímpico, visto que já está presente em todo o mundo, apresentando óptimos índices de crescimento e alguns dos países mais influentes junto do Comité Olimpico são simultâneamente alguns dos países mais fortes na modalidade.
 
- Como e quando chegou à Europa?
 
Depois da independência do Canadá, o Lacrosse foi declarado o desporto nacional, e em 1875 uma equipa de índíos Iroquois viajou pela Inglaterra, e foi aí que o Lacrosse ganhou uma força internacional com a formação de vários clubes em terras de Sua Majestade.
 
- Noutros países, nomeadamente nos anglo-saxónicos, o Lacrosse é um desporto praticado desde as idades mais jovens, mas, no nosso país, ainda é desconhecido. O que tem sido feito para o promover, por cá? Quais as principais dificuldades que têm encontrado?
 
A maior dificuldade de qualquer desporto, em Portugal, que não seja futebol, é encontrar um clube que, tendo um campo de futebol, queira ou aceite partilhar as suas instalações com outras modalidades. Curiosamente, é fácil perceber que esses clubes, não vão nunca ganhar prestígio com o futebol e se dessem oportunidade a outras modalidades, poderiam sentir a glória de festejarem títulos de Campeão Nacional.
 
No que toca a promoção, temos feito um pouco de tudo, desde o simples boca-a-boca e onde quer que estejamos, fazemos sempre questão de responder às perguntas de quem nos fica a observar. Temos, também, um site (http://lisboalacrosse.wordpress.com/), estamos presentes nas redes sociais, fazemos flyers, etc. Recentemente, constituimos a APL - Associação Portuguesa de Lacrosse e esperamos, com isso, conseguir mais apoios e melhor passar a nossa mensagem.
 
 alt
 
- Sucintamente, quais são as regras básicas deste desporto? (quantos jogadores, qual o terreno de jogo, a duração dos encontros, ...)
 
Muito sucintamente, um jogo de lacrosse é disputado num campo com cerca de 100 metros de comprimento e 55 metros de largura, com duas balizas quadradas com 1.83 m de largura por 1.83 m de altura. Em campo, apresentam-se dez jogadores de cada equipa, que jogam quatro períodos de 20 minutos. Desses dez jogadores, três são defesas, três são médios, três atacantes e, claro, o guarda-redes. O contacto físico é permitido, e o treinador pode fazer substituições quando quiser, não sendo necessário uma interrupção do jogo. Em termos de equipamento, é obrigatório o uso de capacete e luvas. O objectivo é comum a muitos desportos e passa por marcar golos na baliza do adversário.
 
- Como se encontra organizada a estrutura competitiva, no nosso país? E, mais concretamente, na região de Lisboa?
 
O crescimento do Lacrosse em Lisboa é verdadeiramente notável. Em menos de um ano, Lisboa passou de nenhuma para duas equipas e a velocidade com que a modalidade tem conseguido angariar mais interessados, faz pensar que esse número de equipas vai aumentar para breve. O Lacrosse, em Lisboa, é conduzido de forma informal por Lisboa Lacrosse que tem vindo a implementar ideias que visam o constante equilíbrio das equipas, por forma a que estas sejam o mais competitivas possivel. Essas ideias são do agrado das equipas e tèm obtido a colaboração das mesmas. Já para esta época, Lisboa vai ter a sua primeira competição regional.
Em Portugal, passou a existir, desde o passado dia 3 de Outubro, a APL -Associação Portuguesa de Lacrosse, passando esta a ser a entidade que tutela o Lacrosse em Portugal. Em Portugal, existem poucas equipas, apenas três (as duas de Lisboa e uma em Coimbra). Com as equipas existentes, a APL, vai organizar esta época, o primeiro Campeonato Nacional.
 
Existem ainda conversações para a ocorrencia de uma Liga Ibérica de Lacrosse, o que já aconteceu na época passada, mas que pecou por uma péssima organização. Estamos, neste momento, a trabalhar para melhorar e fazer da Liga Ibérica uma verdadeira competição e a mais prestigiante para as equipas portuguesas e espanholas.
 
A APL tem, ainda, o propósito de ter Portugal representado, já em 2012, no Campeonato Europeu de Lacrosse. Sabemos que vai ser difícil angariar verba para esse efeito, mas, não podemos desistir. Lisboa Lacrosse ajudará a APL nesse objectivo, no que lhe for possivel.
 
 
alt
 
- O que é a Lisboa Lacrosse? Quais os seus objectivos e iniciativas?
 
Lisboa Lacrosse representa o Lacrosse de Lisboa. Regula a competição regional, colabora para o aparecimento de novas equipas e novos jogadores na região, faz a ligação entre praticantes, adeptos, e apenas meros curiosos, com as equipas já existentes. E a nossa missão não é apenas expandir e divulgar o Lacrosse em Lisboa, mas, sempre que possivel, tambem o fazemos a nível nacional. Temos realizado algumas iniciativas, uma delas é o contacto com o Gabinete de Erasmus de Lisboa, pois temos vindo a receber cada vez mais jogadores estrangeiros que se encontram em Lisboa a estudar. Também promovemos a venda de equipamentos o mais barato possível, e, por vezes, em segunda mão, para que o desporto seja acessível a todos. Em termos nacionais, o nosso grande objectivo é viabilizar a presença da Seleção Nacional de Lacrosse no Campeonato Europeu de Lacrosse de 2012, em Amesterdão.
 
Desde o surgimento da APL, alguns dos membros de Lisboa Lacrosse, são tambem membros da APL e a colaboração entre as duas entidades é total. Para bem do Lacrosse, estamos sempre lá.
 
- Quem quiser experimentar este desporto, o que deve fazer e a quem se pode dirigir?
 
Quem quiser, é livre de vir treinar connosco e experimentar Lacrosse. Apenas tem de enviar um mail para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. e informar-nos de que pretende ir experimentar. Depois, é so levar uns ténis, calções e uma dose de boa disposição. As equipas estão preparadas com equipamento de iniciação para emprestar a jogadores em estreia, de modo a proporcionar a melhor experiência possível.
 
Pode, tambem, saber mais sobre as nossas iniciativas, procurando por Lisboa Lacrosse no facebook.
 
- Que mensagem quer deixar a quem lê esta entrevista?
 
Espero que tenham ficado elucidados sobre Lisboa Lacrosse e o trabalho que desenvolvemos. Sobre o Lacrosse, espero que tenham ficado, pelo menos, curiosos e receptivos para a modalidade. Por fim, gostava de convidar todos os leitores a virem experimentar Lacrosse, é uma boa oportunidade para fazer amigos, manter-se em forma, competir, e participar num projecto muito ambicioso.
   
José Duarte
 
alt
  

Periodicidade Diária

terça-feira, 21 de maio de 2019 – 17:02:08

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

Reportagens fotográficas em preparação

- Lisboa Belém Open

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...