13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Alexandre Teodósio no 9º lugar - Medalhas discutem-se esta tarde no European Judo Open Men - Odivelas 2019

 

Está a decorrer, nos tapetes do Pavilhão Multiusos de Odivelas, o último dia do European Judo Open Men – Odivelas 2019. Nos dois dias da prova, competem 222 Atletas em representação de 34 Países, entre os quais 38 Portugueses.

 

No primeiro dia, Felipe Cruz (-60 kg) foi o Atleta Luso melhor colocado, ao alcançar o 7º lugar. Alexandre Silva (-60 kg), André Soares (-66 kg), David Reis (-66 kg) e Henrique Lopes (-73 kg) terminaram na 9ª posição.

 

Este domingo é dedicado às categorias -81 kg, -90 kg, -100 kg e +100 kg, com 18 Judocas Lusos nos tatamis odivelenses. Alexandre Teodósio (-100 kg) alcançou os Oitavos-de-Final, mas cedeu perante o francês Cedric Olivar, terminando num honroso 9º lugar. Carlos Luz (-81 Kg) evidenciou-se durante as eliminatórias, encontrando-se nos Oitavos-de-Final. Vasco Rompão (+100 kg) aguarda o seu primeiro combate, que em caso de vitória lhe garante o acesso aos Quartos-de-final.

 

Depois de terminarem as eliminatórias e serem apurados os finalistas, a competição entra em pausa técnica. Às 15h00 há uma Atuação Musical, antes do início dos combates decisivos pelas Medalhas do European Judo Open Men – Odivelas 2019.

 

No European Judo Open Women – Sofia 2019 que decorre simultaneamente, Joana Crisóstomo (-70 Kg) não conseguiu superar a sua primeira adversária, terminando a sua prestação.

 

Declarações:

 

Jorge Fernandes – Presidente da Federação Portuguesa de Judo

Esta prova permite-nos competir com atletas mais jovens, muitos deles a estrearem-se em competições internacionais, e que estão a fazer o seu percurso para os Jogos Olímpicos de 2024. O nosso objetivo para a maioria destes judocas é que eles façam o maior número de combates possível a este nível, para começarem a preparar os JO2024 e os Campeonatos da Europa e do Mundo de Juniores.

Relativamente à organização, o feedback é muito positivo, é unanime que está ao nível das melhores provas internacionais. Estou muito satisfeito com a nossa equipa.

Os resultados estão dentro do que estávamos à espera. Não queremos pensar em medalhas, não é esse o objetivo, o que não significa que os Atletas não tenham nível para lutar por elas, porque têm, conforme demonstra o 7º lugar do Felipe Cruz. Não vamos exigir resultados imediatos, a prioridade é a preparação para 2024 e já estamos a preparar também 2028 com os Juvenis e Cadetes.

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 22 de abril de 2019 – 18:28:05

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...