14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Pódios e susto para pilotos da Vettra na Rampa do Caramulo

 

 

Gabriela Correia subiu ao segundo lugar do pódio na categoria Turismo 3, conseguindo “andar muito próxima dos limites do SEAT”, como referiu a jovem piloto no final da Rampa.

 

 

José Correia está cada vez mais adaptado à exigente condução do Osella; sendo espelho disso mesmo o terceiro lugar obtido mas, sobretudo, o encurtar a distância para os seus mais directos adversários: “Fomos sempre muito consistentes nas subidas de prova e isso mostra que já conseguimos explorar de forma segura as características do Osella. Sinto-me mais confiante nas afinações do carro e os resultados mostram que também estamos cada vez mais próximos da concorrência direta, que tem outra experiência com estes protótipos. Vamos continuar neste caminho e preparar a Rampa Porca de Murça”.

 

A Rampa do Caramulo começou com um grande susto para Pedro Marques, piloto da Vettra Motorsport que tripula o Cupra TCR e que luta pelo título nacional em Turismos 4: na primeira subida de sábado, o piloto não controlou o carro e teve uma aparatosa saída de pista.

 

“Foi só chapa”, como diz o povo, e o para-brisas, além da destruição da centralina e das fichas que a circundam e, por isso, foi impossível reparar o Cupra TCR no local, ditando a desistência do piloto.

 

Luís Borges, ao contrário do que é normal, não estava feliz porque “o Pedro Marques não merecia terminar a prova daquela maneira e há aspectos que têm a ver com a segurança que têm que ser revistos.”.

 

Sobre a dupla da JC Group, o ex-Campeão Nacional de Rallycross está contente com “a evolução constante da Gabriela porque está nesta competição há pouco mais de um ano e as provas têm uma quilometragem muito reduzida, não sendo possível evoluir tão rápido como noutras categorias; mesmo assim, a menina tem demonstrado ter garra e vontade de aprender.”.

 

E sobre o José Correia “sempre soubemos que a adaptação ao Osella iria demorar o seu tempo porque é um automóvel que nada tem a ver com o Nissan: o peso, a potência, o regime de rotação do motor, trajectórias. O Zé estava muito à vontade com o GT mas teve que adaptar a sua condução; e isso nota-se desde a Falperra. Acredito que este ano ainda vamos ganhar corridas!”.

 

Fotos: Zoomsport

 

 

Periodicidade Diária

domingo, 15 de dezembro de 2019 – 16:37:57

 

 
Feliz Natal e um
 
Próspero Ano Novo
 
 
Boas Festas!
 

 

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...