13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Citroën Racing no Rali do Chile (Etapa 2): O C3 WRC mantém-se no segundo lugar à partida para a 3ª etapa

 

 

Sébastien Ogier e Julien Ingrassia tinham aumentado a sua vantagem sobre a equipa terceira colocada, vencendo uma Especial durante a tarde, quando o nevoeiro e a chuva os fizeram perder tempo na última Especial do dia. No entanto, conseguiram manter o seu segundo lugar. Apesar de um lugar de partida longe do ideal, Esapekka Lappi e Janne Ferm registaram progressos consistentes e alcançaram o sexto posto à Geral.

 

Disputado em estradas mais largas e mais rápidas do que na primeira Etapa, o segundo dia do Rali do Chile revelou uma nova faceta das caraterísticas locais. Com as estradas a oferecer cada vez mais aderência, à medida que mais carros completam as Especiais, a ordem de partida para a estrada passou a ser um fator decisivo.

 

 

Mais uma vez, Sébastien Ogier e Julien Ingrassia tiraram o máximo partido das condições. Depois de mostrarem grande consistência na primeira passagem, os sêxtuplos campeões do mundo subiram a parada da parte tarde, com uma estratégia inteligente na escolha de pneus (três pneus Michelin duros e dois médios, enquanto os rivais optaram por cinco pneus duros) e, juntamente com a equipa técnica, melhorando o set-up do C3 WRC. Seguiu-se uma vitória numa Especial e um terceiro melhor tempo, o que lhes permitiu consolidar a sua segunda posição à geral, e, ao mesmo tempo, dilatar a vantagem face aos seus rivais mais próximos (6,4 segundos de manhã e mais de 12 segundos no final da jornada). Infelizmente, na fase final do dia, o nevoeiro e a chuva instalaram-se em toda a zona no exato momento em que se preparavam para arrancar. Assim, a sua vantagem para o terceiro classificado desceu para 5,1 segundos, diferença que se mantém à partida para a última Etapa de hoje (domingo).

 

 

Arrancando do segundo posto e, portanto, forçados ao papel de ”varrer” a estrada para aqueles que se lhes seguiram, Esapekka Lappi e Janne Ferm conseguiram, no entanto, melhorar o seu rendimento a bordo do C3 WRC à medida que cumpriam mais quilómetros. Com uma condução cautelosa, que os manteve afastados de problemas, a dupla escandinava ascendeu à sexta posição (tinham iniciado o dia em décimos à Geral), com um desempenho inteligente e controlado ao longo de toda a Etapa de sábado. Na última Especial do dia registaram o terceiro melhor tempo e lograram reduzir para apenas 10,3 segundos a diferença de tempo para a equipa posicionada à sua frente. Lappi e Ferm têm agora o quinto lugar na sua mira, e são os quartos a sair para a estrada na 3ª e última Etapa de hoje (domingo), uma posição que deverá conferir-lhes maiores probabilidades de se expressarem em estradas que os próprios referem como sendo as suas favoritas deste fim de semana.

 

Hoje (domingo), a 3ª e última Etapa (58,38 km, quatro Especiais) vai, mais uma vez, levar as equipas, por estradas rápidas e estreitas, com muitas subidas sem visibilidade.

 

 

O QUE ELES DISSERAM…

 

Pierre Budar, Diretor da Citroën Racing

"Estamos muito satisfeitos por ver que o Sébastien e Julien se mantêm na segunda posição, após mais um dia bastante difícil e em que eles estiveram muito bem. O C3 WRC C3 esteve mais adaptado ao seu estilo de condução durante as passagens da parte da tarde de estágios, o que indica que os nossos esforços estão a ir na direção na certa, embora, como é óbvio, tenhamos ainda algum trabalho a fazer. Também estou feliz por ver o Esapekka e o Janne a progredir gradualmente no carro, registando bons tempos que refletem, com mais exatidão, o seu inegável potencial. Como é habitual, vamos continuar a lutar até o fim.

 

 

Sébastien Ogier, Piloto do Citroën Total WRT

"Esperava um resultado melhor durante a manhã, mas na segunda passagem as coisas correram bastante melhor. Isto ficou a dever-se, em grande parte, às alterações substanciais feitas durante a Assistência e meio da Etapa, embora os níveis de aderência também tenham melhorado. Tivemos um pouco de azar na fase final, com o nevoeiro e chuva, o que nos custou cerca de dez segundos. As Especiais de domingo parecem ser difíceis também, com o troço mais estreito de todo o fim de semana e muita terra e pedras soltas na Power Stage."

 

 

Esapekka Lappi, Piloto do Citroën Total WRT

"Estou satisfeito por estar mais confiante ao volante à medida que cumprimos mais quilómetros, e com os acertos feitos no set-up do meu C3 WRC. As passagens da parte da tarde correram melhores que durante a manhã, e, aos poucos, estou a ter mais prazer na condução. Espero que possamos manter este ritmo na última Etapa de domingo, sem correr riscos desnecessários. Vou optar por uma condução limpa a cuidada para que o rendimento seja consistente."

 

RALI DO CHILE 2019

CLASSIFICAÇÃO GERAL APÓS 2ª ETAPA

1.      Tänak / Järveoja (Toyota Yaris WRC) 2:41:05.5

2.      Ogier / Ingrassia (Citroën C3 WRC) +30.3

3.      Loeb / Elena (Hyundai i20 WRC) +35.4

4.      Evans / Martin (Ford Fiesta WRC) +1:06.3

5.      Suninen / Salminen (Ford Fiesta WRC) +3:03.0

6.      Lappi / Ferm (Citroën C3 WRC) +3:13.3

7.      Mikkelsen / Jaeger (Hyundai i20 WRC) +3:43.4

8.      Rovanperä / Halttunen (Skoda Fabia R5) +6:33.2

9.      Østberg / Eriksen (Citroën C3 R5) +7:09.3

10.  Meeke / Marshall (Toyota Yaris WRC) + 7:21.9

 

 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 19 de junho de 2019 – 15:53:44

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...