13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Qualificação ao rubro na visita do Super Seven by Toyo Tires a Barcelona

 

 

·        Pilotos portugueses em bom plano frente a adversários que militam na série congénere inglesa;

·        Apesar da forte oposição britânica, Francisco Villar e José Carlos Pires destacaram-se na categoria 420R, enquanto Luís Filipe Oliveira e Bernardo Bello deram boa réplica na sempre disputada classe S1600.

 

Tal como se previa, as duas mangas de qualificação do Super Seven by Toyo Tires registaram lutas de cortar a respiração entre todos os participantes. Ao longo de 30 minutos, a comitiva desta visita extra-campeonato ao Circuito da Catalunha

rapidamente pôs de lado a amizade característica do Troféu para, já em pista, fazer tudo o que se encontrava ao seu alcance na obtenção do tempo mais rápido.

 

Numa jornada especial devido à presença dos concorrentes da série congénere inglesa, a “7 Race Series” organizada pela McMillan Motorsport, os 45 pilotos que partilharam, em simultâneo, cada um dos 4655 metros do circuito deixaram em evidência a destreza habitual. Mas também que, libertos da pressão dos resultados, são capazes de se superarem.

 

 

A prová-lo estão as curtíssimas diferenças entre todos os concorrentes, dos mais experientes aos recém-chegados à família Super Seven, cuja prestação fez com que, no final das sessões, existissem grupos de 25 pilotos separados por uma margem inferior a dois segundos ­— algo verdadeiramente impressionante!

 

No final, o britânico Jon Mitchell e o português José Carlos Pires acabaram por ser os pilotos mais rápidos na categoria 420R, somando, respetivamente, a pole-position para as Corridas 1 e 2 — uma pluralidade sem réplica na classe S1600, já que Marco Aghem dominou as duas sessões em disputa, garantindo, assim, o direito a ocupar o primeiro lugar da grelha nas corridas que se disputarão na tarde de hoje e na manhã do próximo sábado.

 

Destaque ainda para Francisco Villar, com um andamento muito forte e em condições para lutar pelo triunfo na classe 420 R, garantindo o 3º e 5º tempos, e para Luís Calheiros Ferreira, que, frente a adversários mais experientes, obteve, ainda assim, um 8º e 18º tempos.

 

Ainda nos pilotos portugueses, Rodrigo Galveias irá sair de 8º para a Corrida 1, enquanto o pai, Paulo Galveias, sairá de 35º para a Corrida 2. Também a dividir o carro encontra-se a armada “Costa”, com Diogo Costa a garantir o 13º tempo para a Corrida 1 e Paulo Costa a sair do 32º lugar para a Corrida 2.

 

Muito consistente, JJ Magalhães registou o 9º e 10º cronos, ao passo que Gonçalo Lobo do Vale foi 17º e 15º. A fechar a categoria, Ricardo Rajani vai sair de 21º e 25º; Duarte Lisboa, de 27º e 9º; e Luís Lisboa, de 28º e 12º.

 

Nos S1600, Luís Filipe Oliveira garantiu o 4º lugar da grelha para a Corrida 1, enquanto o colega de equipa Paulo Leitão irá sair do 6º posto para a Corrida 2.

 

Bernardo Bello sairá do 6º e 5º postos, respetivamente, à frente de Ricardo e Jorge Miguéis, que foram os 7º e 8ºs mais rápidos pela mesma ordem, e ainda de Bruno Martins, que sairá do 8º e 7º posto.

 

Para Tiago Raposo Magalhães, a sessão de qualificação que hoje teve lugar em Barcelona é “a prova da longevidade” do Super Seven by Toyo Tires.

 

“A presença de praticamente cinco dezenas de pilotos em pista é um enorme motivo de orgulho, mas o que me deixa ainda mais satisfeito é a forma como estes concorrentes se debateram em pista, num exemplo de grande competitividade, fair-play e camaradagem. Espero, por isso, duas grandes corridas”,comenta o responsável pela CRM Motorsport, promotor da competição.

 

 

Programa Super Seven by Toyo Tires – Barcelona (prova extra-campeonato)

 

Sexta-Feira, 7 de Setembro

18h15-18h45: Corrida 1

 

Sábado, 8 de Setembro

10h30-11h00: Corrida 2

 

 

 


 

sábado, 22 de setembro de 2018 – 21:04:34

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...