13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

José Carlos Pires a um lugar do pódio no arranque do Super Seven by Toyo Tires no Circuito do Estoril

 

 

Piloto de Espinho discutiu as primeiras posições no Circuito do Estoril

 

José Carlos Pires confirmou na prova de abertura da edição de 2019 do Super Seven by Toyo Tires, onde compete na categoria dos espetaculares 420R, que é um dos principais favoritos ao título. Exemplo disso foi o facto de ter visto a bandeira xadrez na terceira posição da última corrida do fim de semana no Estoril, tendo, contudo, ficado no quarto lugar devido a uma situação de bandeiras vermelhas na volta anterior, que ditou a classificação final. 
 
José Carlos Pires foi na época passada um dos nomes mais sonantes no vasto e aguerrido pelotão do Super Seven by Toyo Tires, competição que tem vindo a ganhar cada vez mais adeptos dentro e fora de pista.
 
O piloto natural de Espinho não foi muito feliz nos treinos cronometrados, dado que estabeleceu a quinta melhor marca, mas depois foi relegado para o sétimo posto, por alegadamente ter excedido os limites de pista, posição da qual largou na Corrida 1, enquanto que na Corrida 2 partiu da terceira posição.

 

 

Relativamente à Corrida 1, José Carlos Pires arrancou bem, mas logo na primeira travagem uma fuga de óleo viria a condicioná-lo para o resto da corrida, assim como na Corrida 2, onde o motor do seu 420R não esteve nas condições ideais para impor o seu andamento. “Na qualificação senti que o carro não estava nas melhores condições e por isso não foi possível ir além do quinto melhor tempo, tendo, contudo, sido depois relegado para o sétimo tempo, por ter excedido os limites de pista. Para a Corrida 2, assegurei o terceiro melhor tempo. Mas no que diz respeito à Corrida 1, na travagem para a primeira curva, o carro começou a perder óleo e tive receio que o motor sobreaquecesse, pelo que terminei na 11.ª posição. Na Corrida 2, arranquei bem do terceiro lugar e assumi a liderança, mas o motor definitivamente não estava nas melhores condições e caí para o 6.º lugar, tendo depois recuperado até ao 3.º posto. Na volta anterior houve uma situação de bandeiras vermelhas e acabei por ser 4.º classificado. Agradeço à minha equipa Atomic pela preparação do carro, pois só assim conseguimos minimizar os problemas e começar o ano com um resultado positivo, atendendo à Corrida 2”, comentou no final José Carlos Pires.

 

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 17 de junho de 2019 – 22:56:27

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...