14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Thiago Vivacqua não teve o resultado esperado em Silverstone

 

 

O piloto luso-brasileiro Thiago Vivacqua, apontou o pódio como objectivo. Na primeira corrida ficou em 4º da categoria ProAm e 8º da geral; e na segunda alcançou o 6ª da categoria ProAm e 12º da geral. No campeonato ocupa a 11ª posição, sendo o melhor piloto da Teo Martin, juntamente com o seu companheiro Marc de Fulgêncio.

 

Depois do pódio em Spa Francorchamps, o piloto que mora em Cascais pretendia repetir o resultado porque “o McLaren adapta-se bem às características de Silverstone”. No entanto, a história foi bem diferente porque “o ritmo inicial do carro é bom, conseguimos rodar na frente mas, com o desgaste das primeiras voltas, já não conseguimos acompanhar o pelotão.”, referiu Vivacqua.

 

Marc de Fulgêncio, efectuou a primeira qualificação e arrancou para a corrida, 1, no Sábado. A corrida foi muito disputada, especialmente após a troca de pilotos, com Thiago Vivacqua a levar o Mclaren da 12ª para a 8ª posição.

 

No Domingo, o luso-brasileiro conseguiu a 9ª posição na qualificação, mas a história da corrida inverteu-se. A equipa ficou em 11º lugar, com Vivacqua a dizer que “O BOP é muito penalizador para o nosso carro e devia ser revisto”.

 

A próxima corrida do GT Cup Open Europe é no circuito de Barcelona, a 21 e 22 de Setembro.

 

 

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 17 de setembro de 2019 – 07:33:16

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...