13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Equipa Portugal - Portugal vai procurar surpreender os sprinters

 

A Equipa Portugal compete, neste domingo, na prova de fundo do Campeonato da Europa de Estrada, em Glasgow, Escócia. Num circuito que assenta como uma luva aos sprinters, a difícil missão nacional passa por tentar provocar e aproveitar situações de corrida que surpreendam os homens mais rápidos.

 

José Gonçalves, Ricardo Vilela, Rui Costa e Tiago Machado são os homens que o selecionador nacional, José Poeira, tem à disposição para enfrentar as 16 voltas ao circuito urbano de 14.400 metros, numa prova que irá totalizar 230 quilómetros.

 

“O circuito é, por assim dizer, demasiado urbano. Para nós seria mais favorável se a corrida saísse da cidade e pudesse passar por zonas de maior inclinação, mas não é isso que temos pela frente e devemos adaptar-nos ao percurso existente. A corrida vai passar por zonas de peões e até pelo interior de um parque. A luta pela colocação vai ser permanente e muito desgastante. Com a chuva que se prevê, há troços muito traiçoeiros”, avisa José Poeira.

 

O lote de sprinters presentes em Glasgow é de respeito. É de crer que muitas seleções tudo farão para levar um grupo compacto para a discussão das medalhas na reta da meta. Há, no entanto, outros países que têm a missão de tentar impedir o sucesso dos velocistas. Entre estas nações está Portugal, que terá de bater-se por uma corrida endurecida, que impeça o sucesso dos puros sprinters.

 

O circuito em que vai disputar-se a corrida já foi usado em competições anteriores e teve desfechos diversos. Em 2013 foi palco do campeonato nacional de fundo da Grã-Bretanha, com vitória do sprinter Mark Cavendish. No ano seguinte, foi nas estradas de Glasgow que se disputou a prova de fundo dos Jogos da Commonwealth e a vitória pertenceu a um corredor completo, Geraint Thomas, que triunfou isolado. Em ambos os casos, a corrida teve menos de 200 quilómetros, o que fará toda a diferença para a corrida deste Campeonato da Europa, pois a longa distância acrescenta desgaste e dificuldades.

 

A Equipa Portugal só ao final da tarde de hoje ficará completa, com a chegada de Rui Costa, que aterra em Glasgow depois de ontem ter concluído a Volta à Polónia. Na manhã deste sábado, Ricardo Vilela e Tiago Machado saíram para treinar na estrada, enquanto José Gonçalves, após um treino mais longo na sexta-feira, teve uma jornada de recuperação ativa.

 

 

 

 

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 19 de novembro de 2018 – 05:40:07

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...