13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Equipa Portugal - João Almeida já está à entrada do top 10

 

 

João Almeida foi hoje o 12.º classificado na sétima etapa da Volta a França do Futuro, subindo ao 11.º lugar da geral, depois de disputada aquela que foi a primeira de quatro jornadas que atravessam os Alpes. O colombiano Ivan Ramiro Sosa venceu a tirada, enquanto o esloveno Tadej Pocagar assumiu o comando da geral.

 

A etapa de hoje foi muito explosiva, porque teve apenas 35,4 quilómetros, ligando Moûtiers a Méribel. A corrida começou com grande ritmo, logo numa subida de primeira categoria, onde se fez a primeira filtragem de valores. Seguiu-se uma descida rápida e nova escalada de primeira categoria para a meta.

 

“Foi uma etapa atípica, porque era muito curta. As subidas também não eram das mais exigentes, pelo que nada está decidido, ficou apenas feita uma primeira seleção. O João Almeida entrou mal colocado na montanha final, teve de fazer um início de subida de trás para a frente, recuperando posições até se posicionar no grupo de onze corredores que perseguiu o trio que disputou a vitória na etapa”, descreve o selecionador nacional, José Poeira.

 

João Almeida cortou a meta no 12.º lugar, a 26 segundos do vencedor, Ivan Ramiro Sosa. A luta pela etapa assistiu a um momento caricato, porque, em pleno sprint em montanha, o estadunidense Brandon McNulty resolveu erguer os braços para comemorar a vitória, deixando-se ultrapassar, mesmo em cima do risco, pelo colombiano. O terceiro, com o mesmo tempo, foi o esloveno Tadej Pogacar, que assumiu o comando da geral.

 

Tiago Antunes foi o segundo elemento da Equipa Portugal, chegando na 30.ª posição, a 1m58s do vencedor. Marcelo Salvador foi 55.º, a 4m22s, seguindo-se André Ramalho, 100.º, a 7m53s, Rui Oliveira, 109.º, a 8m38s, e Ivo Oliveira, 127.º, a 11m47s.

 

A entrada nos Alpes confirmou João Almeida como um firme candidato ao top 10. O corredor natural das Caldas da Rainha subiu à 11.ª posição, a 57 segundos do camisola amarela, Tadej Pogacar. Tiago Antunes é 32.º, a 2m43s, Marcelo Salvador 61.º, a 6m15s, Rui Oliveira 81.º, a 9m04s, André Ramalho 86.º, a 9m30s, e Ivo Oliveira 116.º, a 20m58s.

 

Ivo Oliveira foi o azarado do dia entre os ciclistas portugueses, tendo caído na descida entre contagens de montanha. É o segundo corredor português acidentado nesta edição da corrida, depois de André Ramalho ter sofrido uma queda violenta há dois dias, que o deixou com escoriações e muito dorido.

 

Rui Oliveira continua em segundo na classificação da regularidade, a seis pontos do primeiro, o francês Damien Touzé. A Equipa Portugal continua a subir na geral coletiva, ocupando agora a 12.ª posição.

 

A segunda etapa alpina realiza-se nesta sexta-feira. Serão 81,1 quilómetros muito exigente. Os corredores partem de La Bathie para chegarem a Crest-Voland Cohennoz. A meta coincide com uma montanha de segunda categoria, que surge já depois da escalada de primeira até Les Saisies.

 

 


 

quinta-feira, 20 de setembro de 2018 – 22:58:28

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...