13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Primeira equipa de 'mixed ability rugby' de Portugal foi hoje apresentada em Coimbra

 

 

A equipa de râguebi da APCC (Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra), a primeira do país na vertente de ‘mixed ability rugby’, apresentou-se publicamente hoje (14 de abril), durante um evento da modalidade integrado nos Jogos de Coimbra, realizado no campo da Escola Superior Agrária.

 

Os atletas são todos utentes da instituição, mas o objetivo é que, no futuro, possam vir a participar também pessoas sem deficiência, com ou sem experiência no râguebi ou em outros desportos. O treinador e coordenador deste projeto é João Costa, fisioterapeuta na instituição, ex-jogador e atual árbitro.

 

 

O evento de hoje foi aproveitado para, além de dar a conhecer a equipa, mostrar um pouco do que são os seus treinos – iniciados em fevereiro deste ano – e permitir aos utentes da APCC conviver com jogadores de outros clubes, bem como para apresentar os dois padrinhos deste projeto: os internacionais portugueses Manuel Picão, da Académica, e Mariana Marques, da Agrária.

 

A APCC irá agora iniciar o trabalho de divulgação do ‘mixed ability rugby’ junto de outras instituições, da Região Centro e não só, para que mais equipas possam aparecer e se consiga dessa forma criar um movimento verdadeiramente inclusivo, inspirado em alguns dos valores habitualmente associados ao râguebi, como o companheirismo ou a abnegação.

 

No ‘mixed ability rugby’, as pessoas com deficiência – indistintamente de qual ela possa ser – partilham o campo com outras sem deficiência, numa perspetiva de inclusão que se aplica também à idade, género ou experiência.

 

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 17 de junho de 2019 – 22:58:58

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...