13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Nissan comemora 3 milhões de Qashqai na Europa

 

  • Qashqai regista aumento de 3,8% de vendas na Europa em 2017 e desempenha papel fundamental em mais um recorde europeu da marca…
  • …e em Portugal, onde o líder dos Crossovers reforçou a liderança com mais e seis mil unidades vendidas e 28% de quota de mercado
  • Atualmente, quase 45 mil Nissan Qashqai circulam nas estradas do território nacional.

 

Uma década apenas depois do automóvel que criou o conceito Crossover – e que continua a ser a referência neste mercado – ter sido lançado, a Nissan estabelece uma marca histórica com a produção do trimilionésimo Nissan Qashqai na Europa.

 

Este anúncio segue-se a um outro muito importante, o de que a Nissan registou em 2017 as suas vendas recorde na Europa, com 762.574 automóveis comercializados neste continente, sob as marcas Datsun e Nissan, o que representa um crescimento de 3,8% face a 2016.

 

O Qashqai desempenhou um papel central nestes resultados da Nissan, tendo o modelo atingido mais outro ano recorde de vendas, com um aumento de 1,2% pese embora uma concorrência cada vez mais forte. A fábrica da Nissan em Sunderland, berço do Qashqai, tal como do Juke e do novo LEAF, registou a produção de 346.856 unidades do líder dos Crossovers, 265.520 das quais vendidas na Europa.

 

As excecionais vendas do Qashqai ajudaram a Nissan a atingir uma cota de mercado na Europa de 3,7%, tendo a Espanha (com um aumento de vendas de 9,4%), França (aumento de vendas de 3%) e a Rússia (aumento de vendas de 12,4%) desempenhado papeis centrais neste resultado.

 

Em Portugal, a Nissan tem registado um crescimento progressivo e constante da sua quota de mercado, que em 2017 alcançou 5,2%, equivalente a um crescimento de 11% num mercado que evoluiu em 7,6%.

 

Neste período o Nissan Qashqai reforçou a sua liderança do mercado nacional dos Crossovers, conquistando 28,1% de quota de mercado no segmento C-SUV e conseguindo mesmo, com as suas mais de seis mil vendas em 2017, colocar-se na 2ª posição absoluta do segmento C.

 

O Qashqai é o modelo mais bem-sucedido na história da Nissan na Europa e a sua mais recente geração representa uma forte evolução do modelo. Desde o lançamento em 2007, o Nissan Qashqai venceu mais de 80 prémios, incluindo 19 títulos de "Automóvel do Ano".

 

Mas o maior encanto do Qashqai deve-se, há mais de 10 anos, à sua combinação única de atributos que o tornam – no dizer dos consumidores - o melhor crossover. Junta com sucesso o aspeto prático e atrativo de um SUV com o impacto, dinâmica de condução e reduzidos custos de utilização de um dois volumes.

 

Paul Willcox, Presidente da Nissan Europa, afirmou: «2017 foi outro ano recordista para a Nissan Europa e 2018 começa da mesma forma. Os 3.000.000 de Nissan Qashqai fabricados em 10 anos representam um marco significativo para a marca».

 

Willcox afirmou ainda que «a Nissan espera ver mais recordes em 2018, num contexto de aumento total de vendas da indústria automóvel na Europa e Rússia de cerca de 2%, para 20,2 milhões de veículos».

 

Para assinalar a conquista do Qashqai, Kevin Fitzpatrick, Vice-Presidente da Nissan da Produção Europeia, afirmou: «A fábrica de Sunderland celebrou já várias e notáveis conquistas, mas na sua história de 30 anos não há outro automóvel como o Qashqai».

 

«O Qashqai foi o crossover original e nesta década de produção, a competência e especialização da nossa força de trabalho aqui em Sunderland, em combinação com o design melhorado e significativos incrementos na qualidade interior, mantiveram a liderança do Qashqai no segmento», concluiu Kevin.

 

No ano passado, o Qashqai foi renovado com atualizações centradas em quatro áreas: um novo design exterior contemporâneo; níveis mais elevados de qualidade interior; desempenho de condução melhorado e o acréscimo de novas tecnologias de Mobilidade Inteligente da Nissan, trazendo mais segurança, confiança e conforto ao cliente.

 

«Em Portugal o Qashqai está, sob diversos aspetos, no centro da presença da Nissan. É claramente a nossa estrela de vendas, mas é também um símbolo da qualidade e capacidade tecnológica da marca, nomeadamente no que se refere aos sistemas de segurança e conectividade característicos da Mobilidade Inteligente da Nissan. Mas vai mais além, representando uma das ligações mais emocionais da marca com os consumidores, o que nos entusiasma de forma particular, dado que para nós o Cliente está no centro de tudo aquilo que fazemos», afirmou Antonio Melica, Diretor-geral da Nissan em Portugal.

 

Em outubro de 2016 a Nissan anunciou que a futura terceira geração do Qashqai seria também ela produzida Sunderland.

 

A fábrica Nissan de Sunderland é crucial para Nissan na Europa e iniciou a produção da de segunda geração do novo Nissan LEAF em dezembro. Com mais de 30 anos de sucesso, esta é a maior unidade fabril de automóveis no Reino Unido de sempre e nas suas linhas nascem ainda o irreverente crossover compacto Juke e os Infiniti Q30 e QX30, dois modelos chave da linha de produtos da marca de luxo da Nissan.

 

 


 

sábado, 22 de setembro de 2018 – 13:53:52

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...