12 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Jogos do Rio 2018 - Milhares de pessoas no areal para festejar os 20 anos da iniciativa

 

Nunca o areal de Barcelinhos sentiu o pulsar de tanta gente como nos quatro últimos sábados do mês de julho de 2018. Estabelecendo-se números recordes para a iniciativa em cada uma das quatro jornadas, foram muitos os milhares de pessoas que passaram pela vigésima edição dos Jogos do Rio para competir ou assistir aos torneios, participar no vasto programa de animação ou no concerto comemorativo 20 Anos que aconteceu no dia 7 de julho, tendo como cabeça de cartaz os Expensive Soul.

 

Com efeito, no dia de abertura, a animação dos jogos não se ficou pela tarde e continuou pela noite dentro para ver desfilar os DJs Diego Miranda, Viktor Soul, Pette e Fábio Vasquez, o grupo barcelense Dear Telephone e a grande atração do evento, os Expensive Soul que foram protagonistas de um concerto mágico na opinião unânime do público entusiasta que enchia o areal de Barcelinhos, produzindo um cenário memorável.

 

E se o dia de abertura foi repleto de atividades, os restantes três dias – 14, 21 e 28 de julho – do evento não ficaram atrás. Todos os sábados o ritual voltou com muita gente e grande animação. Desde a dança, teatro, ateliers de olaria, folclore e música ao vivo, às piscinas, pinturas, insufláveis no areal e na água, passando pela ginástica, motas de água, canoas, escalada e slide foram inúmeras as ofertas de lazer dinamizadas pelos Amigos da Montanha em parceria com várias associações, empresas e grupos locais, mostrando os Jogos do Rio como um palco multidisciplinar e multicultural das muitas atividades dinamizadas por estas instituições no concelho. No dia 28 de julho o divertimento mais radical Bike Looping juntou-se ao conjunto de insufláveis, no areal e na água, ao atelier “Água Segura”, promovido pelas Águas de Barcelos, que trouxe aos mais pequenos atividades de pinturas e fez a delícia de todos com a oferta de pipocas e algodão doce nos quatro sábados.

 

Em palco, brilharam os grupos internacionais de folclore do Taiti e Colômbia - que nesse dia atuaram em Barcelinhos no Festival de Folclore promovido pelo Grupo Folclórico de Barcelinhos - dando ao areal um colorido e sons maravilhosos que captaram a atenção de todos. No desfilar de atividades, houve uma maratona de SpinBike, uma aula de TRX a juntar às piscinas, as canoas, assim como o slide que este ano atravessava pela primeira vez o Cávado. Ainda no rio, o grupo Pescagil, da ACDR Gilmonde, fez uma demonstração de pesca desportiva e a associação Moto Galos possibilitou batismos de mota de água.

 

Américo Alves, presidente da direção dos Amigos da Montanha, agradeceu a todas as instituições que colaboraram, à Câmara Municipal de Barcelos, Junta de Freguesia de Barcelinhos e a todas as equipas o empenho que trouxeram a estes Jogos do Rio, relembrando o lema que os move - “Ambiente, Desporto e Lazer” - e reforçando a sua perspetiva de dinamização do areal, tornando as pessoas mais próximas do rio que durante anos esteve abandonado. Relembre-se que 1999 esta iniciativa começou com uma ação de limpeza promovida pelos Amigos da Montanha que resultou na revitalização do areal através dos Jogos do Rio, que se realizam até hoje de forma ininterrupta.

 

Os Jogos do Rio trazem hoje um conjunto de atividades, de acesso completamente gratuito, que todos os sábados dinamizam este espaço privilegiado junto ao Cávado, numa iniciativa realizada pela Associação de Barcelinhos que conta com o apoio da Câmara Municipal de Barcelos e da Junta de Freguesia de Barcelinhos. Uma das grandes novidades nos 20 Anos Jogos do Rio foi a ponte colocada pelos Amigos da Montanha no Cávado, unindo as margens de Barcelos e Barcelinhos no espaço físico dos Jogos do Rio e que tem levado milhares de pessoas a utilizarem esta estrutura.

 

Um dos grandes momentos da tarde foi vivido no slide com a emoção da Alexandra, uma jovem de cadeira de rodas, que depois de ter experimentado o slide no passado sábado quis voltar a fazê-lo, provando que os Jogos do Rio são para todos. A atividade inclusiva foi possível com o esforço e empenho da secção de montanha que criou todas as condições para que a Alexandra concretizasse este desejo. E pelo segundo sábado, o areal rendeu-se a este momento e todos aplaudiram a força e a motivação da jovem.

 

No último sábado viveram-se também as tão esperadas finais dos torneios masculinos, femininos e infantis, que dinamizam a vertente competitiva dos jogos e envolveram 250 atletas, seguidas da entrega de prémios.

 

Nos resultados finais do torneio premiaram-se, com um bonito troféu comemorativo dos 20 anos, desenhado pelo artesão barcelense Fernando Pereira, as modalidades em competição, assim as equipas e os atletas que se destacaram durante os jogos através dos prémios Fairplay, um dos mais apetecidos e uma das vertentes mais dinamizadas pelos Amigos da Montanha, definido como o grande centro desta iniciativa, e Menino do Rio que galardoa os atletas que se distinguem nos torneios. O diretor dos Jogos do Rio e vice-presidente da direção dos Amigos da Montanha, António Costa (Lim), salientou esta ideia no final, classificando a 20.ª edição como a mais forte ao nível do fairplay.

 

As entidades que colaboraram ao longo dos quatro sábados com os Amigos da Montanha na dinamização da iniciativa foram, igualmente, distinguidos com este troféu. Um momento alto viveu-se com a entrega de um troféu, desta vez um Galo de Barcelos personalizado, à empresa Quinta & Santos, representada pelo sócio José Santos, que desde o primeiro momento apoiou esta iniciativa. No troféu podia ler-se a frase deixada pelos Amigos da Montanha “Obrigado por esta caminhada lado a lado”.

 

O grande encerramento do evento aconteceu em ambiente de muita animação com a Festa da Espuma acompanhada de aula de Zumba protagonizada pela instrutora Luciana Silva.

 

Resultados dos torneios

 

Vencedores por modalidade e escalão:

Canoagem – Gil Vicente FC (infantis), Profitecla (femininos) e Juventude da Pousa (masculinos).

Atletismo – Gil Vicente FC (infantis), Os Académicos (femininos) e Fórum Jovem (masculinos).

Orientação – ACR Midões (infantis), Laranjinhas (femininos) e Fair Play (masculinos).

Corrida de sacos – Gil Vicente (infantis).

Voleibol – Laranjinhas (femininos) e Fórum Jovem (masculinos).

Futebol – Gil Vicente FC (infantis), Os Académicos (femininos) e Juventude da Pousa (masculinos).

 

Prémio Fair Play – ACR Midões (infantis), Profitecla (femininos) e Blur (masculinos).

Menino do Rio – Diogo Cunha, do AD Carreira (infantis), Marta Gomes, das Laranjinhas (femininos) e Nuno Dantas, do Fórum Jovem (masculinos).

 

Classificação geral:

Infantis – Gil Vicente FC (1º), FC Roriz (2º), AD Carreira (3º) e ACR Midões (4º).

Femininos – Os Académicos (1º), Laranjinhas (2º), Jocker (3º), O que tu queres (4º), Takita (5º), Tomorrow Team (6º), Profitecla (7º) e Blur (8º).

Masculinos – Juventude da Pousa (1º), Fórum Jovem (2º), Fair Play (3º), Eleclerc (4º), Bolas d’ouro (5º), Inter de Melão (6º), Lobo Têxtil (7º), Blur (8º), Brinca na Areia (9º), Force One (10º) e Profitecla (11º).

 

 


 

segunda-feira, 20 de agosto de 2018 – 02:36:15

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...