13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Portugal Bike Value “pretende aumentar a capacidade de exportação de veículos de duas rodas”

 

 

Uma missão portuguesa liderada pela ABIMOTA participou no World Cycling Forum, em Roterdão, nos passados dias quatro e cinco de Junho, promovendo a indústria nacional das duas rodas e mobilidade suave.

 
O World Cycling Forum reúne os principais agentes internacionais da indústria e serviços ligados ao desporto e à mobilidade, com especial enfoque nas duas rodas. Desta vez, Roterdão na Holanda foi a cidade escolhida e a ABIMOTA esteve presente, representado o sector nacional, promovendo a marca Portugal Bike Value, projecto co-financiado pelo Compete 202, no âmbito do programa Portugal 2020.

 

Segundo o Secretário-Geral da ABIMOTA, Gil Nadais, “o World Cycling Forum é um dos maiores acontecimentos mundiais de equipamentos para desporto genericamente e em concreto na vertente das duas rodas e, por isso, a ABIMOTA não poderia deixar de estar presente e o Portugal Bike Value naturalmente também, porque se se discutem os grandes problemas, temos que acompanhar as tendências, temos que saber por onde é que vão e como tal, faz todo o sentido estar e participar, para podermos transmitir aos nossos associados quais são as alterações, que certamente vão acontecer, quais as linhas de desenvolvimento, para que eles se preparem para o que aí vem.
 
 
Portugal Bike Value esteve em foco, com uma mostra de produtos que espelham o que de bom se faz por cá, apelidada de Portugal Bike Value Fest.  Esta iniciativa só foi possível graças ao apoio das marcas portuguesas, Miranda, Gelu, Bobyke, Rodi, Eleven, Tabor e Esmaltina. Por outro lado o PBV também constou do programa de conferencias do World Cycling Fórum  com a apresentação e discussão do potencial industrial português para aproveitar o mercado emergente da Micromobilidade.
 
Estamos aqui para dar continuidade ao que apresentamos, nas linhas de desenvolvimento do Portugal Bike Value. Um dos grandes objectivos é promover a indústria portuguesa, como fornecedora de qualidade, Portugal como um polo de referência para a indústria das duas rodas e da mobilidade suave e também mostrar o que Portugal tem de melhor para oferecer à indústria internacional. A nossa capacidade produtiva é da maior qualidade, é reconhecida e por isso só temos de demonstrar a quem está neste acontecimento aquilo que fazemos, para poderem dar continuidade a aquilo que sido feito até este momento, que é aumentar a nossa capacidade de exportação de veículos de duas rodas.” Rematou o Secretário-Geral da ABIMOTA.
 
 
A promoção do World Cycling Forum, está a cargo da WFSGI - World Federation of the Sporting Goods Industry, organismo mundial que reúne os fabricantes e distribuidores de artigos ligados às duas rodas, que é o único organismo oficialmente reconhecido pelo Comité Olímpico Internacional (COI) como representante da indústria dentro da Família Olímpica.

 

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 18 de junho de 2019 – 01:00:27

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...