13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Cascais celebra 20 anos de voluntariado jovem

 

 

Este ano Cascais celebra 20 anos de voluntariado jovem. A festa tem lugar dia 2 de julho, às 18h30, nos Jardins do Casino Estoril. São 2510 vagas, através de 6 programas que promovem o espírito de voluntariado e a cidadania ativa entre os jovens.

 

A edição de 2019 dos Programas de Voluntariado Jovem de Verão está já em curso permitindo aos jovens ocupar o seu tempo contribuindo para a comunidade em áreas tão diversas como o ambiente, cultura, social, desporto ou turismo. Inclusivos e abrangentes, os Programas de Voluntariado Jovem integram projetos para jovens entre os 12 e os 30 anos, incluindo portadores de patologias a nível físico e cognitivo.

 

A completar 20 anos desde a sua criação,o Programa Maré Viva permite aos jovens de Cascais dar um apoio fundamental na construção de uma praia melhor. Para celebrar a data e a dedicação de cerca de 12.000 jovens voluntários no programa ao longo deste período, cuja contribuição para o bem-estar geral e segurança dos utentes das praias do concelho tem sido uma enorme mais-valia durante o verão nas praias do concelho, estão programadas múltiplas atividades. De referir que a família Maré Viva tem crescido e, desde há 3 anos, o Projeto Marézinhas do Futuro permite a participação de jovens a partir dos 12 anos. Criado há 10 anos para responder à necessidade de facilitar o acesso às praias aos utentes com mobilidade condicionada, o Projeto Cascais Acessível – Praia Para Todos, cuja equipa é constituída por jovens com formação na área da saúde está também integrado no Mare Viva e já proporcionou cerca de 18.000 banhos aos utentes de aproximadamente 40 entidades/ano.

 

Para Nuno Piteira Lopes, vereador da Juventude na Câmara Municipal de Cascais, o progressivo aumento de voluntários ao longo destas duas décadas, “reflete o sucesso que estes programas têm junto dos jovens, e é a prova que a juventude do concelho transporta os valores de Cascais: solidária, dinâmica e responsável”. O vereador felicita “com orgulho” todos os voluntários que, durante estes 20 anos, “ajudaram a fazer de Cascais um lugar ideal para viver um dia, uma semana ou uma vida inteira”.

 

Este ano celebram-se também os 10 anos doCultura Social, programa no âmbito do qual 3.500 voluntários já prestaram serviço à comunidade em mais de 60 entidades de solidariedade social sem fins lucrativos do município, comemora este ano 10 anos desde a sua criação. Fomentando o espírito comunitário e de solidariedade o programa contribui para desenvolver competências profissionais e conhecer o funcionamento de algumas organizações de acordo com a sua área de preferência. É também uma forma de validar a área de formação que escolheram ou pretendem seguir no futuro. Para as entidades é uma forma de divulgar o trabalho desenvolvido junto da comunidade e de se aproximarem dos jovens, reforçando atitudes de entreajuda, espírito de equipa e colaboração, bem como o desenvolvimento de outras competências humanas e cívicas.

 

Para completar o leque de seis, os Programas de Voluntariado de Verão, incluem ainda os projetos:

Cultura no Bairro| Assegurar o bem-estar do visitante da Vila de Cascais, divulgando os equipamentos e atividades culturais da Câmara Municipal de Cascais no Bairro dos Museus.

Férias na Desportiva| Colaboração com entidades municipais ou privadas sem fins lucrativos que desenvolvam atividades lúdicas na área do desporto.

Locals e Locals XS| Prestar informação geral ao visitante, qualificando Cascais como destino turístico de excelência, contribuindo para o bem-estar geral e segurança dos utentes dos transportes ferroviários.

Natura Observa| Conservação e proteção da natureza e biodiversidade, promovido pela Cascais Ambiente no Parque Natural de Sintra-Cascais.

 

Estes programas contam com o apoio da equipa de psicólogos do Espaço S, com acompanhamento no processo de seleção e durante todo o período do programa. Foram estabelecidas parcerias com a Mobi Cascais, CP e Toyota no sentido de incentivar a mobilidade sustentável dos jovens envolvidos nos projetos e reduzir a pegada ecológica.

 

OS PROGRAMAS EM NÚMEROS | 2019:

 

3077Inscrições | 2510 jovens selecionados | 119.360horas de voluntariado (previsão Maré Viva)

 

FACTOS SOBRE OS 20 ANOS MARÉ VIVA

 

- A MISSÃO do Programa em 1999 foi complementada com o mote “completar a limpeza das praias”, sendo cada vez mais evidente a necessidade e o desejo de CRIAR UMA PRAIA MELHOR.

- Em 2001 existiam 7 postos e atualmente são 13 POSTOS. Em 2015, foi criado o posto de vigia na Praia da Conceição/Duquesa e em 2016 o Posto na Praia dos Moinho/Gémeos e o da Praia das Moitas.

- Somos um PROGRAMA ÚNICO no que concerne à limpeza dos areais e zonas envolventes;

- O Programa Maré Viva é um programa INCLUSIVO e tem vindo a integrar jovens com diversas patologias ao longo dos anos: mobilidade reduzida, autismo, síndrome de asperger e trissomia 21;

- Cada vez mais, o Programa Maré Viva aposta na FORMAÇÃO dos seus jovens:

  • Curso de Agente Informal de Fiscalização de Praias – atualmente o Curso de Agente Informal de Proteção de Praias - existe 1999
  • Curso de Agente Informal de Proteção de Praias;
  • Curso de Liderança de Trabalho de Equipa;
  • Curso de 1ºs socorros com formação em Desfibrilhador Automático Externo (temos 7 desfibrilhadores nas praias do concelho ao longo dos 90 dias de Programa);
  • Formação da Área Marinha Protegida das Avencas;
  • Formação das Pegadas de Dinossauros;
  • Formação de Transferências – Praia Acessível.

- Em 2000 é sugerido, em relatório, que haja APOIO POR ESPECIALISTAS EM PSICOLOGIA aos jovens que frequentam o programa. Hoje, contamos com a equipa do Espaço S como parceiro fundamental no trabalho da equipa Maré Viva;

- A partir de 2007, a equipa de coordenação começou a promover os “Jogos Inter-Marés” (todos contra todos), nas modalidades de futebol e vólei, na Praia de Carcavelos. Desta forma, pretende-se o CONVÍVIO ENTRE EQUIPAS de praia;

- Em 2009 é lançado o Projeto Cascais Acessível – Praia para Todos, de forma a tornar mais as PRAIAS do concelho ACESSÍVEIS a todos os utentes. Faz este ano 10 anos!

- O Projeto Marézinhas do Futuro surge em 2016, com o objetivo de dar resposta e INCLUIR OS MAIS JOVENS naquela que é a criação de uma praia melhor;

- O Projeto Pegada N’Areia é integrado no Maré Viva em 2016 com a finalidade de dinamizar um conjunto de ATIVIDADES DE SENSIBILIZAÇÃO AMBIENTAL E EDUCATIVA para as crianças que frequentam as nossas praias.

 

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 16 de julho de 2019 – 00:55:12

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...