13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Corredores Miranda-Mortágua com bom desempenho no Campeonato da Europa de Estrada para Sub-23

 

Jorge Magalhães e Hugo Nunes, da equipa Continental UCI Miranda-Mortágua, mostraram um bom desempenho na prova de fundo para Sub-23 do Campeonato da Europa de Estrada, ao terminarem na 31.ª e 32.ª posições, respetivamente. A prova teve lugar ontem, 15 de julho, em Brno-Zlin, na República Checa. 


De referir que Jorge Magalhães correu também o contrarrelógio individual dos Europeus de Estrada, neste caso dia 13 de julho (sexta-feira), que concluiu na 27.ª posição. Um bom resultado de Jorge Magalhães, numa prova onde estavam presentes os melhores corredores da Europa nesta especialidade.


A prova de fundo, com 140,4 km disputados ao longo de 14 voltas a um circuito curto, mas intenso, praticamente sem zonas planas, viria a revelar-se muito dura, registando-se mesmo um elevado número de desistências.

 


Hugo Nunes integrou durante bastante tempo a fuga do dia na companhia de um ciclista italiano e de um outro francês e Jorge Magalhães também andou escapado. Juntos, foram eles os lusos que integraram as fugas mais duradouras da fase inicial da competição, iniciativas que, ainda assim, acabaram por não dar frutos.


No final, tanto Jorge Magalhães como Hugo Nunes terminariam juntos, na 31.ª e 32.ª posições, respetivamente. Foi mais uma experiência internacional concluída com êxito por parte destes dois corredores Miranda-Mortágua, ao serviço da Seleção Nacional.


O corredor Jorge Magalhães referiu que “a corrida de fundo foi uma corrida dura”, principalmente pela velocidade “que passávamos cada subida. Cheguei a estar inserido num grupo na fase inicial, mas rápido fomos alcançados. Senti, ainda assim, que foi uma grande corrida, uma corrida de eliminação diria eu uma vez que a cada volta que passávamos iam ficando mais atletas”.


No entanto, Magalhães sublinhou que sai “satisfeito desta corrida. No final terminei em 31.º lugar, quase, quase a fazer o Top 30. Foi uma experiência incrível! Impossível seria não ficar deslumbrado com a imensa multidão que saiu à rua. O barulho era ensurdecedor sempre que passávamos no cimo da subida”. 
 

O colega Hugo Nunes disse estar também muito contente com a sua prestação nestes Campeonatos da Europa: “Senti-me bem durante toda a corrida e tentei a minha sorte logo muito cedo. Mas acabei por ser caçado já na parte final por um grupo já reduzido, onde ainda ajudei os meus colegas de Seleção. Mas faço um balanço positivo e penso que representei bem o nosso país, o que me motiva para os próximos objetivos”.

 

 


 

quinta-feira, 18 de outubro de 2018 – 16:22:50

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...