13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Tomás Martins com dificuldades no início do Campeonato

 

 

Foi com algum vento e temperaturas altas para a época do ano, que se iniciou o CNK 2017, com a jornada de abertura a ter lugar no Kartódromo Internacional do Algarve.


Com mais de sessenta pilotos inscritos no total, o Tomás este ano a disputa categoria Juvenil, categoria essa, que era a que tinha mais pilotos, nomedamente 14.

Após os treinos livres não oficiais de sexta feira, nada iria fazer prever o que se iria passar no resto do fim de semana, pois o Tomás foi sempre dos mais rápidos em pista, deixando boas indicações para o fim de semana.

Mas, infelizmente, não foi isso que aconteceu. Logo no sábado de manhã, aquando da realização do primeiro treino livre oficial, as coisas já não estavam bem. 


A equipa e o pequeno piloto, tudo fizeram durante a manhã para voltarem a ter o mesmo andamento que tinham tido no dia anterior. De tarde, realizaram-se os treinos de qualificação e aí, o Tomás teve uma prestação brilhante, pois conseguiu alcançar um 5º lugar, apesar do kart não estar nas melhores condições.


Na 1ª Manga de Qualificação, após uma boa partida em que conseguiu ainda chegar a 3º, aproveitando um despiste de outro piloto, o kart, ao longo da corrida, foi perdendo rendimento e acabou a corrida em 6º. No final, subiu para 5º, após um piloto ter sido desclassificado por uma irregularidade técnica.

Domingo era um novo dia e o Tomás estava com esperanças que os problemas do dia anterior tivessem desaparecido, no entanto, nos treinos de carburação, os problemas voltaram a aparecer.


Na segunda Manga de Qualificação, o Tomás largou do 5º lugar, fez uma corrida de garra, pois o kart continuava com os mesmos problemas e acabou a corrida em 6º.


Com o conjunto de resultados, para a Final, largaria novamente de 5º. Mas aí, as coisas ainda foram piores. O kart teve graves problemas técnicos e, no final da 1ª volta, já estava em último. Mesmo assim, o Tomás nunca desistiu, e mesmo sendo mais lento quase 3 segundos por volta, nunca deitou a toalha ao chão, tentando sempre chegar mais à frente, para não ser ultimo, mas infelizmente a mecânica não ajudou e acabou mesmo por ser 14º classificado.

Agora é pensar já na próxima corrida, resolver os problemas que tivemos este fim de semana e fazer força para que nunca mais se repitam, pois o resultado desta corrida não mostra o valor do Tomás.

 



"Estou triste por este resultado, pois na sexta feira, no final do dia, estava confiante num bom resultado, mas infelizmente as corridas nem sempre correm da maneira que nós queremos, e apesar de todos os problemas mecânicos que tive, nunca desisti de chegar ao melhor resultado possível. Esta já ficou para trás e agora quero é Leiria para me poder vingar!!!! "

Resta agradecer a todos que tornam este projeto possível, em especial à ART Pro Racing, Campingaz, Meritis e AEGA.
 


 

quarta-feira, 19 de setembro de 2018 – 09:19:23

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...