12 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Gonçalo Coutinho reforça liderança no Rotax Max Challenge Portugal da categoria Sénior

 

 

Piloto de Gondomar garantiu o lugar mais alto do pódio em Viana do Castelo
 
Tal como na jornada de abertura, na segunda prova do Rotax Max Challenge Portugal da categoria Sénior, disputada este fim de semana no Kartódromo de Viana do Castelo, Gonçalo Coutinho garantiu o lugar mais alto do pódio.

 

O piloto de Gondomar reforçou a liderança na competição que tem a chancela da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK) e cujo vencedor garante a qualificação para o Mundial da especialidade que se realizará este ano entre 26 de novembro e 1 de dezembro, no Brasil, onde são esperados 360 pilotos oriundos de 60 países.  

 

No início de maio, Gonçalo Coutinho iniciou da melhor forma a defesa do título de campeão da categoria Sénior ao dominar por completo a prova de abertura do Rotax Max Challenge Portugal, no Kartódromo Internacional de Palmela.

 

Este fim de semana, no Kartódromo de Viana do Castelo, a contar para a segunda jornada da competição, o piloto de Gondomar – que em abril sagrou-se campeão ibérico da especialidade – fez uma prova em crescendo e voltou a garantir o lugar mais desejado do pódio.
 
Nos treinos cronometrados, Gonçalo Coutinho foi o terceiro mais rápido e na Final 1, apesar de ter passado várias vezes pela liderança durante as 16 voltas ao traçado vianense de 1117 metros, cruzou a meta na segunda posição… com a volta mais rápida.

 

Na Final 2, a luta pela vitória voltou a ser intensa, mas o piloto de Gondomar viria a ser o primeiro a ver a bandeira xadrez.

 

Na soma dos resultados das duas Finais, Gonçalo Coutinho garantiu o lugar mais alto do pódio com 107 pontos e reforçou a liderança na edição 2018 do Rotax Max Challenge Portugal da categoria Sénior.

 

 

Esta prova foi muito disputada e bastante difícil de vencer. Os treinos cronometrados não correram bem, mas depois, com o trabalho e empenho da minha equipa, conseguimos estar mais fortes e todo o esforço acabou, naturalmente, por compensar. Agradeço aos meus patrocinadores Iberoeste e JM Coutinho, à minha equipa Júnior Racing Team e, naturalmente, o apoio da minha família, dos meus colegas de equipa e de todos os que acompanham a minha carreira no Karting. Por fim, felicito o Diogo Marques que apresentou um andamento melhor, apesar de se ter lesionado num braço que espero que recupere rapidamente”, comentou, no final da prova, Gonçalo Coutinho.

 

 


 

segunda-feira, 23 de julho de 2018 – 00:20:05

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...