13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Franco Sport encerra em Fronteira temporada de sucesso

 

Pedro Manescas vence Classe C2

 

 

A equipa Franco Sport participou na 7ª edição das 4 Horas de Resistência SSV, uma competição organizada pelo Automóvel Clube de Portugal que decorreu na Vila de Fronteira no dia 1 de dezembro, com três equipas à partida sendo que todas conseguiram terminar o desafio encerrando da melhor forma a temporada desportiva de 2018.

 

Nesta competição destinada exclusivamente a SSV, inserida no programa das famosas 24 Horas que mais uma vez trouxeram até à vila alentejana muitos milhares de visitantes, a dupla formada por Mário Franco e Rui Serpa foi a melhor classificada entre as equipas da Franco Sport ao alcançar o sétimo lugar à geral.

 

 

Os pilotos, que por norma competem entre si nas provas do Campeonato Nacional de Todo-o-terreno, realizaram 17 voltas ao magnífico traçado do Terródromo Vila de Fronteira onde fizeram como melhor volta 10m28s917’. Para a dupla da formação de Alenquer foi uma corrida muito bem disputada: “mais que uma competição esta prova foi uma celebração da equipa e encerrou com chave de ouro esta temporada de 2018. Foi um grande desafio, mas foi uma corrida muito boa e engraçada. A máquina teve um excelente desempenho e a assistência também está de parabéns. O inicio foi mais difícil, devido à fraca visibilidade, e eu tive o azar de fazer cerca de cinco voltas no meio de um grupo de cinco pilotos e não consegui desenvolver o andamento, mas faz parte das corridas” contou Rui Serpa no final da competição.

 

Para Mário Franco: “não foi uma corrida fácil. Com o nevoeiro e a lama tornou-se muito difícil conduzir e confesso que não são as condições que mais me agradam nas provas de Todo-o-Terreno. Fiz uma hora e

passei o testemunho ao Rui que conseguiu fazer uma excelente corrida terminando na sétima posição da geral que foi um resultado muito positivo. Estamos muito contentes com a nossa prestação e sem dúvida que esta temporada de 2018 não podia ter um melhor encerramento”, revelou o diretor da Franco Sport.

 

 

Já Pedro Manescas, que desta vez teve a oportunidade de passar para o volante do Yamaha em que disputou a temporada do CNTT como navegador ao lado do seu pai, foi um dos grandes vencedores desta competição triunfando na classe C2 destinada aos veículos sem Turbocompressor e conquistando um excelente oitavo lugar absoluto. O jovem piloto completou 16 voltas tendo como melhor volta 10m37s333’: “consegui fazer uma boa prova. Impus

um bom ritmo e decidi arriscar o que me permitiu alcançar um bom resultado. As primeiras voltas foram mais difíceis, por causa do nevoeiro, mas depois com a habituação ao carro e às condições do terreno consegui imprimir um bom andamento e estou muito contente com o resultado.”

 

 

Pedro Valério também competiu na classe C2 onde terminou na 4ª posição sendo ainda 17º da classificação geral com as mesmas 16 voltas que Pedro Manescas.

 

Fotos: Go Agency

 

 

V o t o s  de  B o a s  F e s t a s

Periodicidade Diária

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018 – 07:45:53

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...