14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Armindo Neves aponta à vitória em Loulé - Piloto de 48 anos é líder entre os veteranos

 

 

Apesar de ainda estar lesionado, Armindo Neves vai estar à partida para a Baja de Loulé aos comandos da sua SWM RS 300 R, marca histórica Italiana relançada em 2014. O piloto da Equipa SWM / Lusomotos / Lopes & Gomes SA, está apostado em segurar a liderança entre os veteranos, posição que ocupa desde a etapa inaugural do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, em Góis.

 

Nesta que é a terceira ronda do CNTT que vai percorrer as pistas de Loulé, S. Brás de Alportel, Tavira e Alcoutim, o piloto alentejano, que conta com o apoio do distribuidor oficial SWM para Portugal, a Lusomotos, vai assim dar continuidade ao desafio que lhe foi lançado para esta temporada de poder concluir o Campeonato com uma vitória na sua classe.

 

 

O piloto de 48 anos ainda se encontra a recuperar de uma rotura muscular numa perna e de fortes dores num ombro, consequência da violenta queda que sofreu há cerca de 15 dias na Baja TT do Pinhal, pelo que, embora se mostre motivado, confessa não ter sido possível treinar para a terceira jornada do CNTT: “As provas estão muito próximas umas das outras e quando estamos lesionados é difícil recuperar a tempo de enfrentar um novo desafio. Ainda estou bastante lesionado, mas este fim-de-semana descansei muito e tenho-me sentido melhor. Já consigo, pelo menos, ter a amplitude necessária na perna para conseguir subir e estar sentado na mota, pelo que espero estar à altura e manter o andamento e os resultados que consegui alcançar nas duas últimas provas. Esse é o meu grande objetivo e é nele que mantenho sempre o foco, pois de nada me adianta estar a olhar para trás nem a queixar-me do que já passou. No Pinhal ganhei nos veteranos e consegui o 5º lugar entre as motos 450cc, embora a minha SWM tenha um motor 310, o que para mim foi muito bom e motivador e é apenas na melhoria destes resultados que me devo concentrar”, revela o piloto natural de Avis, também apoiado pela Delta Cafés.

 

A Baja de Loulé 2019 terá um prólogo e duas etapas que compreendem três setores seletivos. A prova algarvia arranca no sábado, dia 13 de abril, com um prólogo 8,65kms. Ainda no sábado disputa-se a primeira etapa que terá um setor seletivo de 82,90 km. No segundo dia, a comitiva vai disputar os dois últimos troços desta prova organizada pelo Clube Automóvel do Algarve. O segundo setor seletivo de 82,90 km e terceira especial com 82,30 km a percorrer as pistas de Loulé, Tavira e Alcoutim.

 

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 15 de outubro de 2019 – 14:02:57

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...