13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Holanda é o próximo destino do Red Bull Crashed Ice World Championship

Cruzando influências entre o hóquei no gelo e o esqui downhill, o Ice Cross Downhill é de longe o mais irreverente dos desportos de inverno da atualidade. Muita velocidade, atletas pelos ares e as quedas mais aparatosas é o que se espera do regresso do Red Bull Crashed Ice à Europa - com a terceira etapa do mundial a aterrar na Holanda no próximo sábado.
 
 O regresso do Red Bull Crashed Ice World Championship à Europa promete muitas emoções, depois de duas etapas disputadas sob um frio glaciar na América do Norte. País com fortes tradições nos desportos de inverno, a Holanda recebe pelo terceiro ano consecutivo este campeonato - com toda a ação desta vez a decorrer na cidade de Landgraaf (sábado – 9 de fevereiro), localidade que se encontra nas proximidades da fronteira belga e alemã.
 
 As novidades que se esperam para o próximo fim-de-semana são muitas, já que a competição vai decorrer na primeira pista indoor de Ice Cross Downhill do mundo - um equipamento inaugurado há cerca de um mês no SnowWorld de Landgraaf. Uma solução que contrasta com as pistas montadas no exterior à medida de cada etapa. O traçado holandês é ao mesmo tempo o mais curto e intenso de sempre, com apenas 340 metros de comprimento e uma queda vertical de mais de 70 metros - medidas que na prática permitem aos atletas aventurarem-se a velocidades máximas na ordem dos 52 quilómetros por hora. Até à meta não vão faltar as habituais armadilhas e obstáculos, incluindo sete curvas bem apertadas!
 
 Para o atual líder do campeonato, o canadiano Kyle Croxall, uma pista mais curta como a que agora surge no horizonte pode comprometer o seu domínio. Este bombeiro profissional tem ganho as últimas corridas na ponta final e poderá ter alguma desvantagem numa pista que se esgota em apenas 25 segundos. O norte-americano Cameron Naasz tem aqui uma oportunidade de ouro para lutar pela sua primeira vitória no mundial. Além da competição individual, destaque ainda para o Team Challenge - que leva à pista seis atletas de duas equipas rivais em simultâneo.  

V o t o s  de  B o a s  F e s t a s

Periodicidade Diária

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018 – 03:32:12

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...