12 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Ice Cross Downhill com emoções em alta - Última etapa do Red Bull Crashed Ice

 

 

Misturando as emoções do hóquei no gelo com o ski downhill, o Ice Cross Downhill é um dos mais espectaculares desportos de inverno da atualidade. A época deste ano está a aproximar-se do fim e a última etapa promete grandes emoções.SaintPaul(EUA)recebe no fim-de-semana de 26 e 27 de fevereiro,mais de 100 atletas de 20 países,comtodas as atenções centradas na luta pelo título.

 

Considerado um dos mais jovens e emocionantes desportos de Inverno da atualidade, o Ice Cross Downhill nasceu em 2001 e tem vindo nas últimas épocas a ganhar dimensão com o circuito mundial Red Bull Crashed Ice. Ao longo das temporadas assistiu-se a um claro domínio de canadianos, finlandeses, austríacos, suíços e suecos. Este ano há pela primeira vez um americano na luta pelo lugar mais alto do pódio.

 

 

O Ice Cross Downhill é um desporto que reúne tática, capacidade física e alta velocidade numa pista de gelo com cerca de 400 metros de comprimento, repleta de inclinações, curvas apertadas e obstáculos imprevistos. A velocidade vertiginosa leva os atletas a atingir picos de 70 km/hora, num contra-relógio que é na verdade um autêntico mix entre o hóquei no gelo e o ski downhill. Com níveis de popularidade elevados, sobretudo nos países do hemisfério norte, este campeonato do mundo mobiliza já a participação de representantes de 20 nações.

 

 

Depois de três etapas emocionantes, a grande final está agendada para o fim-de-semana de 26 e 27 de fevereiro. O canadiano Scott Croxall está em condições de fazer história, se renovar o título mundial, mas para isso vai ter de derrotar o norte-americano Cameron Naasz - que é a grande revelação deste ano. Naasz vai jogar em casa, onda conta com vários estímulos que acredita que o ajudarão a coroar-se Campeão Mundial. “Sempre esperei que Saint Paul fosse a etapa final porque é em casa. Correr em casa é uma grande vantagem para mim porque ganho energia com o ambiente familiar.

 

Já no setor feminino prevê-se uma corrida épica com o título em disputa por três atletas canadianas.

 

 

CLASSIFICAÇÕES

RED BULL CRASHED ICE2015/2016

 

MASCULINOS

1.Scott Croxall (CAN) 2,885 pontos

2.Cameron Naasz (USA) 2,840 pontos

3.Dean Moriarity (CAN) 2,140 pontos

4.Luca Dallago (AUT) 1,425 pontos

5.Tristan Dugerdil (FRA) 1,375 pontos

6.Pacôme Schmitt (FRA) 1,345 pontos

7.Kilian Braun (SUI) 1,320pontos

8.John Fisher (CAN) 1,030pontos

9.Paavo Klintrup (FIN) 995 pontos

10.Maxwell Dunne (USA) 882,5 pontos

 

FEMININOS

1.Jacqueline Legere (CAN) 2,250 pontos

2.Myriam Trepanier (CAN) 2,090 pontos

3.Elaine Topolnisky (CAN) 1,700 pontos

4. Alexis Jackson (USA) 1,500 pontos

5. Sydney O’Keefe (USA) 1,420 pontos

 

Créditos fotográficos

Joerg Mitter | Red Bull Contentpool

Marv Watson | Red Bull Contentpool

Predrag Vuckovic | Red Bull Contentpool

Sebastian Marko | Red Bull Contentpool

 

 


 

sexta-feira, 17 de agosto de 2018 – 09:03:05

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...