12 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

o Red Bull Crashed Ice World Championship:

 
Foi mais uma prova da enorme competitividade que carateriza o Ice Cross Downhill, um dos mais jovens e espectaculares desportos de Inverno da atualidade. Na etapa Suíça, o Red Bull Crashed Ice World Championship não passou despercebido e reuniu em Lausanne mais de 40 mil fãs entusiastas para assistir à primeira vitória do norte-americano Cameron Naasz.

O regresso do Red Bull Crashed Ice World Championship à Suíça, no passado fim-de-semana, correspondeu plenamente às expectativas. Mais de 40 mil espectadores fizeram questão de apoiar os corajosos 64 atletas em competição na cidade de Lausanne - isto apesar das temperaturas rondarem os zero graus centígrados. A pista artificial com um comprimento total de 450 metros, partiu do emblemático castelo de Saint-Maire - apresentando logo no início uma vertiginosa descida com 50 metros de extensão.

Com uma aparência muito semelhante aos atletas de hóquei no gelo, sobretudo devido aos seus volumosos fatos e patins de lâminas, os atletas deste desporto associam robustez a uma velocidade que pode chegar próximo dos 60 quilómetros por hora. Num formato competitivo com sucessivas descidas de quatro elementos, até à grandiosa final, o Red Bull Crashed Ice proporciona sempre um crescendo de emoções. Para os fãs, esta época tem sido particularmente intensa - com o leque de candidatos ao título a crescer em cada etapa.

Depois de ter estado muito próximo da vitória nas últimas corridas, o norte-americano Cameron Naasz conseguiu finalmente concretizar o seu objetivo e tomou mesmo de assalto a liderança do mundial: “Eu trabalhei muito entre as corridas para ser mais enérgico em pista e acho que isso resultou. É incrível! Agora vou para a etapa final no Canadá sem qualquer pressão, vou apenas dar o meu melhor.” Neste quadro, o grande derrotado é o anterior líder e defensor do título Kyle Croxall - que terá ainda assim do seu lado a vantagem de terminar o campeonato em casa.

Mantendo a tradição, o Red Bull Crashed Ice World Championship viaja até ao Quebeque para a derradeira etapa da temporada - com a ação marcada para o próximo dia 16 de março.

CLASSIFICAÇÃO GERAL
[top 6 | após 4 etapas]

1º Cameron Naasz (EUA)
2º Kyle Croxall (CAN
3º Derek Wedge (SUI)
4º Marco Dallago (AUT)
5º Kim Mueller (SUI)
6º Miikka Jouhkinmainen (FIN)
  
Créditos fotográficos
 Joerg Mitter | Red Bull Contentpool 
 

 


 

sexta-feira, 17 de agosto de 2018 – 09:03:20

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...