13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Mundiais: Coelho segundo na qualificação. Fraga e Mendes remam amanhã nas repescagem

 

Arrancaram hoje em Aiguebelette os Campeonatos do Mundo de Remo, principal momento competitivo da temporada e que, no caso do Double Scull Ligeiro (LM2x) de Pedro Fraga e Nuno Mendes, constitui a primeira oportunidade de qualificação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

O primeiro a entrar em cena foi Nuno Coelho que, depois de ter feito parte da temporada na companhia de Pedro Fraga no double scull (classe olímpica), compete neste mundial na embarcação monolugar, o skiff ligeiro (LM1x).

 

A ambição de Nuno Coelho

 

Para o remador do Fluvial Portuense este mundialmarca o regresso a um campeonato do Mundo passado 13 anos. Possuidor de grande experiência na modalidade, Coelho resume aquilo o que espera encontrar em França: “já remo há 24 anos, mas remar no skiff a este nível será uma primeira vez.Terei 35 adversários mas estou consciente que o nível estará muito elevado por se de tratar de um mundial com possibilidades de apuramento olímpico. Apesar de o skiff ligeiro não ser um barco olímpico, a lista de participantes está recheada de atleta que sonham entrar para o Double Scull dos seus países aquando dos nos Jogos Olímpicos do Rio.

Questionado sobre os principais candidatos ao triunfo, Nuno Coelho não hesita:O candidato principal será o Marcello Miani, de Itália. É o actual campeão e recordista do mundo.” 
 
Relativamente à sua ambição pessoal, Nuno Coelho revela que passa por chegar às meias finais A/B, isto é, entrar nos 12 primeiros classificados. Se isso acontecer, a partir dai, tudo pode ser possível.

A participação de Nuno Coelho na primeira qualificatória 

A primeira ronda dos mundiais são as mangas de qualificação, um momento competitivo em que um lugar entre o top3 garante a passagem à terceira ronda, evitando a necessidade de remar nas repescagens. E foi precisamente isso que Coelho conseguiu: foi segundo na sua manga, onde apenas foi batido pelo Sérvio Milos Stanojevic.

Com este resultado, Nuno Coelho salta as repescagens e volta a competir na quarta-feira de manhã já nos quartos de final. 

O regresso da dupla olímpica

Esta temporada a luta pelos lugares no Double Scull português esteve bastante animada com Nuno Coelho e Nuno Mendes a procurarem dar o melhor de si para emprestar a maior velocidade possível à embarcação onde a presença de Pedro Fraga tem sido uma constante.

Em vésperas do arranque da competição, Rui Oliveira, técnico que tem vindo acompanhar de perto o trabalho desre trio, sublinhava que “a partir de agora só podemos fazer pequenos ajustes à logística diária e estar muito atento ao material. O trabalho está feito. Acresce que aqui em Aiguebelette não podemos acompanhar nem os treinos nem as provas porque não existe pista para bicicletas. Assim sendo limitamo- nos a assistir ao treino e dar pequenas indicações via rádio para o barco.

Relativamente ao momento de forma do tripulantes do Double Scull, os Sportinguistas Pedro Fraga e Nuno Mendes, Rui Mendes entende que a dupla está mais forte do ponto de vista físico e técnico. O plano de trabalho foi cumprido e penso que os atletas estão na melhor forma possível. Depois de todo o processo selectivo podemos afirmar sem problemas que temos um barco mais forte

Sobre a competitividade no Double Scull (LM2x)

Rui Oliveira considera que esta classe será uma das mais disputadas do campeonato. Para além das inquestionáveis França, Noruega , Inglaterra e África do Sul existem pelo menos mais 10 equipas com capacidade para apurar para o Rio. Nos somos uma delas mas vamos ter que estar no máximo das nossas capacidades para apurar. Temos estado perto dos primeiros, tanto no Europeu como na Taça do Mundo de Lucerna estivemos quase apurados para as meias finais, mas neste Campeonato do Mundo o 'quase' de nada nos valerá. Por isso a regata dos quartos de final será o verdadeiro teste de aptidão para os Jogos Olímpicos. Confio totalmente na capacidade, competência e ambição dos dois remadores que sabem perfeitamente dosear a pressão deste momento para fazermos as coisas bem feitas.

A velocidade conseguida nos últimos 15 dias em Montemor dão-nos confiança que os progressos obtidos serão suficientes - mas nesta competição só depois de passar a linha de chegada faremos as contas.


A participação do LM2x na primeira qualificatória

A primeira ronda do mundial não elimina nenhum dos participantes, mas permite aos três primeiros classificados (no caso das classes em que existam mais que 25 tripulações inscritas) saltar a respescagens e só voltar a competir nos quartos de final.

Contudo, integrados numa manga extremamente competitiva o resultado não foi exactamente o desejado, já que Pedro Fraga e Nuno Mendes foram quartos classificados, atrás de Itália, Estados Unidos e Polónia. Um resultado que obriga a dupla olímpica a passar amanhã pelas repescagens (a partir das 10:00 locais).
 

V o t o s  de  B o a s  F e s t a s

Periodicidade Diária

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018 – 10:59:53

Pesquisar

Reportagens fotográficas em preparação

- 61º EDP Grande Prémio de Natal

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...