14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Primeira WTS da época realizou-se em Abu Dhabi e contou com 5 triatletas nacionais

 

Realizou-se dia 8 de março, a primeira etapa do Campeonato do Mundo de Triatlo, em Abu Dhabi, uma prova na distância sprint onde participaram dois atletas nacionais da elite masculina. João Pereira conquistou a 12ª posição e João Silva finalizou a prova em 16º lugar.

 

A prova iniciou às 10h06 e contou com os melhores triatletas da atualidade, incluindo praticamente todos os atletas que se encontram atualmente nos 20 primeiros do ranking mundial do campeonato do mundo.

 

João Silva e João Pereira alinharam à partida, fazendo um segmento de natação razoável saindo do primeiro segmento da água em 32º e 38º. Depois da primeira transição conseguiram integrar-se no segundo grupo de ciclismo, trabalhando em conjunto no grupo perseguidor.

 

Os dois triatletas nacionais acabaram por integrar o primeiro grupo a pedalar, constituído por um grande número de ciclistas, deixando os resultados em aberto. João Pereira saiu bem na transição do ciclismo para a corrida, com João Silva colocado apenas alguns lugares atrás.

 

Com dois atletas na frente da corrida a um ritmo muito forte, João Pereira e João Silva encontraram-se no grupo perseguidor fazendo um bom segmento de corrida, tal como habitual.

 

João Pereira classificou-se na 12ª posição, com 00:52:27, mais 27’ do que o vencedor, enquanto João Silva ficou em 16º, com 00:52:35.

 

A prova foi ganha por pelo espanhol Mario Mola, com 00:52:00, na segunda posição ficou Alex Yee, da Grã Bretanha com 00:52:03 e no terceiro lugar no pódio foi ocupado pelo segundo espanhol Fernando Alarza, com 00:52:12.

 

A prova da elite feminina

 

Passadas pouco mais que duas horas realizou-se às 12h06 a prova da elite feminina que contou com a participação de Melanie Santos e Helena Carvalho. Melanie Santos classificou-se em 23º lugar, enquanto Helena Carvalho foi a 42ª classificada da prova. Ambas ficaram aquém das suas expetativas, mas esta primeira prova do Campeonato do Mundo foi extremamente competitiva e as triatletas tiveram uma performance à altura de um evento deste género.

 

Prova por Estafetas Mistas

 

Realizou-se dia 9 de março, a segunda prova do campeonato do mundo em Abu Dhabi, uma competição no formato de Estafetas Mistas, que contou com a presença de quatro atletas portugueses: Melanie Santos, João Silva, Vera Vilaça e João Pereira classificaram-se em equipa na 11ª posição entre as 18 equipas que terminaram a prova. Este será o formato para a nova modalidade olímpica que tem estreia marcada para os Jogos Tóquio em 2020.

 

Cada um dos elementos da equipa tem que fazer um triatlo na distância super sprint, estando sempre no máximo das suas capacidades, podendo surgir muitas mudanças de posição durante a prova.

 

Melanie Santos foi o primeiro elemento a entrar em prova: saiu em 11º da água, fez a primeira transição em 8º , na segunda transição aumentou a vantagem para terceiro, mantendo-se no grupo perseguidor na corrida, com a triatleta americana a liderar sozinha a frente da prova.

 

Passou o testemunho a João Silva em 7º , Portugal chegou a ficar em 12º, mas o triatleta ganhou vantagem para 10º, passando o testemunho a Vera Vilaça em 7º que saiu do segmento de natação em 6º, mantendo-se sempre no grupo perseguidor, fazendo uma excelente prova.

 

Nesta altura havia dois grupos, o primeiro constituído por dois elementos – dos EUA e da Austrália – e o grupo perseguidor que acabou por ficar com apenas cinco atletas,  onde se incluía a atleta portuguesa Helena Carvalho, o terceiro elemento da equipa em prova. E assim se manteve durante toda a competição, passando o testemunho em 11º.

 

João Pereira saiu da água em 11º,  ganhou vantagem para a 8º posição, acabando por passar a meta em 11º com o tempo total dos quatro elementos de 01:25:52 mais 00:01:36 que a equipa vencedora.

 

Quem ganhou a prova foi a equipa australiana com 01:24:16, seguida da americana com 01:24:21 e no terceiro lugar ficou Nova Zelândia com 01:24:31.

 

As equipas de Itália, Portugal e Brasil sofreram penalizações o que pode ter influenciado os resultados, mas numa prova de triatlo tão rápida e por estafetas existem por vezes situações que não se conseguem controlar.

 

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 23 de setembro de 2019 – 05:36:24

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...