14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

European Silver League - femininos

 

 

POR x EST, 2-3 (25-17, 17-25, 25-23, 25-27 e 13-15)

1.º Set
Dificuldades iniciais de Portugal na recepção e no bloco, aos ataques de Liis Kullerkann, permitiram um equilíbrio aparente no início do primeiro set, mas, depois, com Bárbara Gomes no serviço e maior eficácia no ataque, a equipa de Chico dos Santos deixou bem vincada a sua superioridade: 25-17, com um ataque de segunda linha de Marta Hurst.

2.º Set
A Estónia encaixou bem o golpe e foi crescendo ao longo do segundo parcial (15-10). Mostrando-se sempre mais eficaz, sobretudo no serviço e ataque, a equipa de Leste triunfou por claros 25-17.

3.º Set
A perder por 17-20, Portugal logrou igualar com os serviços de Bárbara Gomes e selou um triunfo difícil com um erro da Estónia após um bom serviço de Marta Hurst: 25-23.

4.º Set
Cinco pontos consecutivos no ataque possibilitaram à Estónia passar para a liderança (11-6). Ganhando cada vez mais confiança, a equipa de Andrej Ojamets adiantou-se no marcador (19-15). Contudo, e com Bárbara Gomes no serviço e Marta Hurst no ataque Portugal igualou (23-23). Um ataque ao segundo toque da distribuidora Julija Mönnakmäe deu a vitória à Estónia: 27-25.

5.º Set
Após uma má entrada no set (6-8), Portugal passou para a frente com um serviço de Bárbara Gomes (10-9), mas as estónias reagiram e selaram o triunfo no set e no jogo com um bloco: 15-13.

Kristel Moor, com 23 pontos, foi a melhor pontuadora do jogo, enquanto Marta Hurst, com 21, foi a portuguesa mais concretizadora.

 



Andrej Ojamets, Treinador da Estónia:
"Creio que as grandes equipas têm tendência para nos subestimar, pois somos de um país pouco conhecido e as nossas jogadoras não são altas, mas por vezes conseguimos surpreendê-las. Estivemos melhor no ataque e no serviço do que o nosso adversário. Vencemos, mas temos muito trabalho pela frente, pois a Grécia é muito forte e, frente à Eslovénia, teremos de jogar muito melhor do que no primeiro jogo".

Francisco dos Santos, Treinador de Portugal:
"Creio que estivemos melhor do que no primeiro jogo. Houve momentos em que estavámos a perder por quatro pontos e demos a volta e, por isso, as jogadoras estão de parabéns pela atitude que demonstraram nessa altura. Porém, no quarto set, errámos sete pontos no ataque sofremos dois pontos de bloco. Se não tivéssemos cometido essas falhas, teríamos vencido o set e o jogo. É isso que temos de rectificar, mas isso só se consegue disputando mais jogos. É esse o nosso objectivo nesta competição: ganhar ritmo competitivo para o Europeu".

 

 

Periodicidade Diária

sábado, 4 de julho de 2020 – 18:14:36

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...