15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

«Um Apito com…» Amélia Villas-Boas

 

 

A brasileira Maria Amélia Villas-Boas é a próxima convidada do ciclo de videoconferências denominado «Um Apito com…», organizado pelo Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Voleibol (FPV) em colaboração com o Departamento de Formação federativo, cuja sessão vai ter lugar no dia 14 de Junho, pelas 21 horas.

 

Com uma carreira de 25 anos de árbitra internacional de praia, Maria Amélia, membro do Conselho de Arbitragem e Leis de Jogo da FIVB desde 2013, esteve presente em quatro Jogos Olímpicos, três deles como árbitra (Atlanta, Pequim e Londres, com duas finais olímpicas: Pequim e Londres) e uma como gestora dos árbitros (Rio de Janeiro), estando indicada para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

 

Após as primeiras sessões com a sérvia Zorica Bjelic, a espanhola Susana Rodriguez, o português José Casanova e o brasileiro Paulo Turci, será mais uma excelente oportunidade para os árbitros portugueses internacionais e de nível III de Voleibol de Praia (e não só), para aproveitarem o tempo de ausência de competição assistindo e participando em mais uma sessão com “pressupostos para uma qualidade inegável”, conforme adiantou o Presidente do CA da FPV, Avelino Azevedo:
“Maria Amélia Villa-Boas é um elemento por demais conhecido no meio do voleibol de praia mundial. Fez o primeiro curso de árbitros internacional de Voleibol de Praia em 1996 no Rio de Janeiro, participou nos primeiros Jogos Olímpicos em Atlanta 1996 e tem 25 anos do Circuito Mundial, desde a sua existência. Por isso mesmo, e também por ser Supervisora de Arbitragem desde 1995, é uma escolha ideal para abordarmos o tema escolhido: «A supervisão numa prova do Circuito Mundial», onde os nossos árbitros poderão aperceber-se melhor de todo um conjunto de tarefas e obrigações inerentes a esta função”.

 

Esta quinta sessão inclui também uma segunda parte para observação de Casos de Jogo:
“Vamos continuar a esta dinâmica formativa devidamente validada, com a participação dos árbitros presentes e proporcionar a discussão de alguns casos de jogo de Voleibol de Praia, através do visionamento de alguns vídeos. Para esta sessão, toda ela com convidadas no feminino, vamos ter novamente as duas internacionais portuguesas Maria Michelle Ferreira e Sandra Deveza, para nos apresentarem dois casos de jogo, seguindo-se a habitual troca de opiniões sobre os princípios que devem presidir à interpretação deste tipo de casos.”

 

Este conjunto de iniciativas visa melhorar todos os pressupostos para uma arbitragem nacional a um patamar mais elevado nas próximas temporadas, contribuindo assim, de uma maneira construtiva e pedagógica, para a melhoria e o desenvolvimento do Voleibol e do Voleibol de Praia em Portugal.

 

 

 

Periodicidade Diária

domingo, 27 de setembro de 2020 – 12:38:14

Pesquisar

Como comprar fotos

Reportagens fotográficas em preparação

- 12 Horas do Estoril - Pitlane-Treinos Livres
 
publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...