14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Scout e Data Volley em acção na Madeira

Excedeu as expectativas a Acção de Formação denominada "Data Volley enquanto ferramenta auxiliar para o treino e competição", que a Associação de Voleibol da Madeira, em parceria com a Federação Portuguesa de Voleibol, organizou no Pavilhão da Levada, no Funchal.

Estiveram presentes 23 formandos, numa acção que contou com a prelecção de Hugo Silva (Treinador Adjunto da Selecção Nacional de Seniores Masculinos e Treinador Principal do SC Espinho) e de Ricardo Teixeira (Scouter da Selecção Nacional e do SC Espinho).

De acordo com a organização, que fez eco da opinião dos participantes:
"Tratou-se de uma acção bastante rica, pelos conteúdos transmitidos, bem como pelos debates que existiram, ficando patente a importância desta ferramenta de trabalho (Data Volley e Data Video) para o sucesso no treino e na competição".

Nesta Acção de Formação, que teve seis horas de duração (quatro de manhã e duas de tarde), englobou os seguintes conteúdos:
- Scout: a clareza dos números no treino e na competição;
- O Data Volley enquanto ferramenta auxiliar na competição/treino.

Esta iniciativa inseriu-se no Plano de Formação 2011/2012 da AV Madeira e deu cumprimento à obrigatoriedade da formação contínua de treinadores exigida pelo Plano Nacional de Formação de Treinadores (PNFT) para renovação da Cédula de Treinador de Desporto (CTD).

A estatística é uma forma de expressar as vicissitudes do jogo em números.
Estes números podem manifestar-se em percentagem de rendimento, eficácia, erro, etc., em forma individual ou de grupo, por partes ou pelo global. Todas estas formas de medir a estatística são válidas somente quando o objectivo visa melhorar o rendimento individual e de grupo e não quando é um fim em si mesmo, ou seja, uma ferramenta em função de melhorar o treino e o rendimento individual.
O uso de sistemas informáticos e de instrumentos estatísticos pretende elevar o patamar da modalidade.
Um sistema estatístico informático como o Data Volley e Data Vídeo facilita a captação e leitura do rendimento individual e colectivo.
Ao mais alto nível, o estudo do adversário tem uma especificidade e especialização tecnológica que ainda não é normal no nosso Campeonato.
Por isso, é necessário compartilhar com os técnicos das equipas este conhecimento tecnológico e estatístico, visando a sua evolução futura para um patamar mais próximo do alto rendimento, isto dentro de uma linguagem comum – Data Volley, partilhada pela Selecção Portuguesa e pelas melhores selecções mundiais. 

Periodicidade Diária

domingo, 22 de setembro de 2019 – 12:58:44

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...