15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

DS Automobiles espera uma segunda corrida mais favorável

 

 

Os pilotos da DS Automobiles – António Félix da Costa e Jean-Éric Vergne – terminaram a primeira prova do Campeonato do Mundo FIA de Fórmula E nas 11ª e 15ª posições, respetivamente.

 

Umas sessões de Qualificação mais complicadas, devido à sua integração no primeiro grupo de pilotos a entrar em pista, comprometeram qualquer chance de um bom resultado.

 

Segue-se a Corrida 2 do programa, a disputar ao início da noite deste sábado (final de tarde em Portugal), apresentando-se, assim, como uma possibilidade de vingança.

 

A primeira Corrida do Campeonato do Mundo FIA de Fórmula não correspondeu às expectativas da DS Automobiles e da sua parceira TECHEETAH. Em Diriyah, na Arábia Saudita, os DS E-TENSE FE20 de António Félix da Costa e Jean-Éric Vergne terminaram este primeiro confronto do fim de semana, que se compõe de duas rondas, no 11º e 15º lugares, respetivamente.

 

Bi-Campeã de Fórmula E, tanto na vertente de Pilotos como de Equipas, a DS TECHEETAH pretendia iniciar a Temporada 7 desta disciplina de monolugares 100% elétricos com um bom resultado, mas ao ver os seus pilotos integrados no primeiro grupo da Qualificação, fruto das excelentes posições no campeonato do ano passado, a equipa soube que a tarefa se avizinhava muito difícil para Félix da Costa e Vergne, numa pista que apenas ia ficando mais limpa à medida que mais tempo passava.

 

Só que não houve qualquer milagre. Nenhum dos pilotos do primeiro grupo conseguiu ascender à sessão de Superpole, que está apenas reservada para os 6 pilotos mais rápidos. Atual Campeão em título, o piloto português registou o 18º melhor tempo, logo à frente do seu companheiro de equipa francês. Com o cair da noite de ontem (sexta-feira), iniciava-se a Corrida 1, onde os dois DS E-TENSE FE20 inscritos pela DS TECHEETAH subiram algumas posições, vindo Felix da Costa a terminar no 11º lugar e Vergne no 15º.

 

Mark Preston, Diretor da DS TECHEETAH, partilhou esse desejo de olhar para o futuro logo desde o início. Não foi, claramente, o dia que esperávamos”, afirmou. "Os nossos pilotos tiveram que partir dos lugares de trás da grelha, depois dos resultados da sessão de Qualificação. Numa pista com muita areia, apesar de ser constantemente limpa, as condições eram, em qualquer caso, desfavoráveis aos pilotos do primeiro grupo, para além de que também cometemos um erro estratégico ao iniciar muito tarde a sessão. Já na corrida, os nossos pilotos registaram um bom progresso, subindo alguns lugares na hierarquia, até à 11ª e à 15ª posições, provando que os nossos monolugares apresentam uma boa performance, o que é encorajador para o futuro. Sabemos que eles nunca desistem, pelo que esperamos que se apresentem ainda mais fortes na segunda corrida.

 

“Infelizmente iniciámos o presente campeonato sem marcar qualquer ponto, mas sabemos que o mais importante é a posição no final da temporada”, relativizaXavier Mestelan Pinon, Diretor da DS Performance. “Há, assim, que destacar as boas recuperações dos nossos pilotos e permanecer serenos para o futuro. O carro funcionou bem, tanto na Qualificação quanto na Corrida. Na próxima, no final do dia de hoje, o António e Jean-Éric irão estar nos grupos 2 e 3 para a Qualificação, pelo que devemos ter todas as cartas na mão para poder brilhar. Como sempre digo, só estamos aqui para lutar pela vitória”.

 

 

“Sabíamos que estar no primeiro grupo seria uma enorme desvantagem”, confirmou António Félix da Costa, Campeão FIA de Fórmula E 2019-20 e piloto da DS TECHEETAH. "É algo que é ainda mais verdadeiro aqui na Arábia Saudita, numa pista cercada pelo deserto e, por isso, muito suja. Além disso, ao entrarmos tão tarde da sessão, ficámos ainda mais condicionados, terminando as Qualificações em total desastre. Já na Corrida, consegui subir do 18º ao 11º lugar. Tínhamos um bom ritmo, mesmo que não fosse suficiente para vencer. Devemos, também, lembrar-nos de que estamos a usar o carro do ano passado, com o nosso novo monolugar a aparecer mais para o final da temporada. Obviamente que os nossos adversários também registaram progressos, o que é ótimo para o espetáculo. Para a Corrida 2, aproveitando o facto de estarmos num grupo de Qualificação mais favorável, espero que possamos apontar a um lugar no pódio.”

 

 

Jean-Éric Vergne, Bi-Campeão FIA de Fórmula E 2017-18 e 2018-19 e piloto da DS TECHEETAH, apreciou esta que foi a primeira corrida de sempre de Fórmula E disputada de noite. “Correr à noite foi muito bom. Via-se tudo como se fosse dia, ou quase. Infelizmente, a performance não esteve lá. Temos que analisar tudo muito bem para recuperarmos para a Corrida 2”.

 

A Corrida 2 de Diriyah corre-se ao início da noite de hoje, às 20h00 locais. A prova será transmitida a partir das 17h00 (hora em Portugal Continental) nos canais desportivos Eurosport 2 e Eleven 3, que iniciam os seus programas 30 e 45 minutos antes, respetivamente.

 

 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 12 de maio de 2021 – 19:59:12

Pesquisar

Como comprar fotos

Reportagens fotográficas em preparação

- Cascais 49er & 49er Fx Chamnpionship Act I

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...