18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

BC Gaia disputa Final Four da Taça de Portugal de BCR

ACD Cotovia/UDI e BCG/Hosp. Sta. Maria – Porto protagonizam o primeiro embate das meias-finais da Taça de Portugal de BCR. A fase final da competição, transmitida na íntegra na FPBtv, toma lugar, pelo segundo ano consecutivo, na Escola Secundária de Barcelos, numa organização conjunta entre o município de Barcelos, o Agrupamento de Escolas de Barcelos, a Associação de Basquetebol de Braga e o Basquete Clube de Barcelos.
 
A estreante ACD Cotovia/UDI, segunda classificada na Divisão de Honra, segundo escalão, atinge este ponto alto, na sequência de ter eliminado a Lousavidas na 2ª eliminatória. David Lima, técnico e jogador da equipa, revela que o entusiasmo paira entre os seus jogadores, a esmagadora maioria debutante num momento célebre como a chegada à fase derradeira de uma grande competição.
 
“Estamos todos muito motivados e desejosos de fazer parte desta festa do Basquetebol. Para a maioria dos nossos jogadores, com exceção do José Lima e da Andreia Farias, será a primeira vez que atingem uma Final Four de Taça. Queremos mostrar o nosso Basquetebol, que evoluiu muito este ano, apesar de sermos uma equipa iniciante, com muitos jogadores novos, alguns a terem começado a jogar esta época”, afirma.
 
Reconhecendo o favoritismo à turma gaiense, o fundador dos sesimbrenses vinca estarmos diante de uma prova “de momentos e não de regularidade”, pelo que preserva a ambição de poder surpreender, apesar de lamentar as condicionantes de pontuação. “Compreendemos as regras, mas para nós é penalizador, pois jogámos toda a época com 15.5 na 2ª divisão e na 1ª divisão e Taça somos obrigados a reajustar para 14.5. O modelo de jogo terá de ser mudado. Além disso, no que toca a pontuações altas, temos só jogadores de classe 5.0 e um 4.0 acabado de iniciar, existindo a limitação de só dois classes 5.0 poderem ir a jogo e um estar em campo no máximo. Acreditamos que todos devem jogar, todos os que querem e se sentam na cadeira”, vincou.
 
Do lado do BCG/Hosp. Sta. Maria – Porto, Pedro Bártolo, treinador e jogador da formação gaiense, que ultrapassou a APD Lisboa na 2ª eliminatória, assume a vontade de lutar pela conquista do troféu. “Queremos regressar à final da competição, depois de ano passado termos ficado às portas da passagem, e tentar acrescentar ao nosso palmarés o título que nos falta. Tivemos um sorteio contra a equipa teoricamente mais acessível, mas é importante manter os índices de concentração bem altos desde o começo, de forma a não se gerar qualquer intranquilidade desnecessária”, frisou.
 
O internacional A considera que o conjunto nortenho alcança esta Final Four numa altura positiva, em virtude dos resultados recentes na Liga BCR, onde consumou a passagem à final. “Creio que, tanto quanto é possível numa equipa com tantas mudanças, encaramos esta Final Four mais maduros e convictos da nossa capacidade, da qual duvidámos em alguns momentos da época. A reviravolta contra a APD Leiria nas meias-finais da Liga BCR deu ao grupo confiança e, sobretudo, consciência do seu potencial. No entanto, há que refrear a euforia e continuar o trajeto de evolução, que, naturalmente, nem sempre coincide com vitórias e títulos”, sintetizou.
 
O duelo entre a ACD Cotovia/UDI e o BCG/Hosp. Sta. Maria – Porto está agendado para 27 de maio, sábado, às 14h45, na Escola Secundária de Barcelos, e conta com transmissão na FPBtv.
 

Periodicidade Diária

domingo, 14 de abril de 2024 – 07:39:32

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...