18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Miguel Vieira sagra-se vice-campeão europeu Djibrilo Iafa de bronze

Portugal alcançou os Melhores Resultados de sempre no Campeonato da Europa IBSA 2022, que se cumpre até domingo, 4 de setembro, em Cagliari, na ilha italiana de Sardenha. Miguel Vieira conquistou a Medalha de Prata, sagrando-se Vice-Campeão Europeu, Djibrilo Iafa também subiu ao pódio para receber a Medalha de Bronze e Rúben Gonçalves terminou em 5º lugar.
 
A competição que reúne os melhores judocas europeus da vertente de Judo Paralímpico (Cegos e Baixa Visão) conta com a presença de 92 Atletas (31 Femininas e 61 Masculinos) em representação de 20 Países.
 
Os 4 Portugueses inscritos na prova competiram todos esta sexta-feira, 2 de setembro. Portugal foi representado por Miguel Vieira (-60 kg J1), Djibrilo Iafa (-73 kg J1), Nuno Rocha (-73 kg J2) e Rúben Gonçalves (-73 kg J2), acompanhados pelos Treinadores Jorge Fernandes e Jerónimo Ferreira.
 
Miguel Vieira (-60 kg J1) discutiu a sua categoria com mais 4 atletas, disputada em sistema de todos contra todos (‘round robin’). O atleta luso (que em 2016 se tornou no primeiro judoca português a participar nos Jogos Paralímpicos, onde foi 9º) estreou-se com uma vitória por ‘ippon’ (duplo ‘wazari’) sobre o italiano Fabian Amarfi. No combate seguinte, cedeu por ‘wazari’ contra o turco Abdurrahim Ozalp (que se tornou Campeão Europeu). O português regressou aos triunfos no confronto seguinte, derrotando o azeri Ismayil Muradov por ‘wazari’. Miguel Vieira assegurou a terceira vitória em quatro combates por falta de comparência do italiano Gabriele Scorsolini, devido a lesão. Com este resultado, Miguel Vieira sagra-se Vice-Campeão Europeu e conquista a Medalha de Prata.
Na categoria -73 kg J1, Djibrilo Iafa (9º lugar nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020) começou a sua prestação com uma vitória por ‘ippon’ (duplo ‘wazari’) contra francês Lois Leger. Voltou a triunfar nos quartos-de-final, superando o turco Gokce Yavuz por ‘wazari’. Falhou o acesso à luta pelo Ouro ao ceder, por ‘ippon’, contra o romeno Florin Bologa na semifinal. No seu último e derradeiro combate, perante o britânico Connah Anders, Djibrilo Iafa dominou o encontro, pontuando dois ‘wazari’ e conquistando a Medalha de Bronze.
Rúben Gonçalves (-73 kg J2) somou a sua primeira vitória perante o romeno Daniel Vargoczki, por ‘wazari’, na primeira eliminatória. O português garantiu um lugar na semifinal ao ultrapassar o alemão Bela Bel Heinze, por ‘ippon’, no encontro seguinte. Não conseguiu garantir a presença na final, ao sofrer ‘ippon’ (por imobilização) do favorito Nathan Petit, de França. Na luta pelo Bronze encontrou o azeri Namig Abasli (Bronze nos Jogos Paralímpicos – Tóquio 2020). Apesar do esforço, Rúben Gonçalves acabou por ceder ‘ippon’ (duplo ‘wazari’), terminando num honroso 5º lugar.
 
Nuno Rocha (-73 kg J2) não conseguiu superar o turco Recep Ciftci no seu combate inaugural, terminando a sua prestação lesionado.
 
Com a conquista destas 2 Medalhas, Portugal encerra a participação na prova, alcançando os Melhores Resultados de sempre, depois de em 2015, no Campeonato da Europa IBSA realizado em Odivelas, Miguel Vieira e Henrique Sousa terem terminado no 7º lugar.
 
Fotos: FPJ
 

Periodicidade Diária

sábado, 25 de maio de 2024 – 04:58:53

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...