18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

NOS apoia Universidade de Évora a desenvolver plataforma de Realidade Aumentada para atletas

  • - Passadeira Inteligente ajuda a melhorar performance e a prevenir lesões
  • - Desafios de realidade aumentada melhoram qualidade e rapidez de decisões
  • - Plataforma usa sensores para medir parâmetros físicos e psicológicos do atleta
  • - Cinto tridimensional aumenta ou diminui grau de dificuldade

 

Uma passadeira inteligente que usa realidade aumentada para melhorar a performance dos atletas e evitar lesões – esta foi a ideia vencedora dos Open Innovation Challenges, iniciativa promovida pela Agência Nacional de Inovação (ANI) em conjunto com a NOS, que visa desafiar as Instituições de Ensino Superior a apresentarem soluções inovadoras com base em tecnologia 5G. A equipa vencedora é composta por professores e investigadores da Universidade de Évora, que foram premiados com cinco mil euros e irão agora ter a oportunidade de desenvolver a sua ideia em colaboração com a NOS.

 

A plataforma Best Yourself conta com um software que, através de realidade aumentada, permite ao atleta executar rotinas de treino enquanto responde a desafios colocados por ambientes virtuais. No final de cada sessão é atribuída uma pontuação de acordo com a capacidade de tomada de decisão, tempo de reação e grau de dificuldade do desafio da realidade aumentada. A dificuldade de cada treino será também induzida por um cinto tridimensional que permite aumentar a estabilidade ou instabilidade do movimento, ou colocar ou retirar peso corporal.

 

Para medir a resposta do atleta, a passadeira inclui um conjunto de sensores que fazem uma análise do movimento, medindo parâmetros como posição, velocidade, intensidade da força, ou resposta muscular. Através destes indicadores, a plataforma consegue inferir o padrão de marcha/corrida/ou salto do atleta, a posição em que coloca os pés, o tamanho da passada ou onde exerce mais força quando se move. O estudo desta análise possibilita a identificação de falhas de movimento aumentando a performance e evitando lesões ou contribuindo para a sua reabilitação.

 

João Ferreira, Diretor da NOS Inovação, assinalou: "Com a democratização do 5G, a tecnologia avança a passos largos e novas possibilidades surgem para revolucionar a prática desportiva. A Best Yourself é uma solução inovadora que utiliza a realidade virtual para trabalhar aspetos físicos e mentais dos atletas, permitindo medir mais dados de forma mais precisa e em tempo real. Com isso, é possível desenvolver planos de treino personalizados e eficientes, prevenir lesões e otimizar a performance dos atletas. Como embaixadores do desenvolvimento tecnológico em Portugal, estamos satisfeitos por apoiar projetos como este, que trazem benefícios não só para o desporto, mas também para a saúde e o bem-estar físico dos atletas. Estamos comprometidos em continuar a promover a inovação e o avanço tecnológico em prol do desenvolvimento da saúde, do desporto e da sociedade como um todo.”

 

Catarina Gonçalves, investigadora principal do projeto, sublinhou: “Com a chegada do 5G, tecnologias como a realidade aumentada ou outros ambientes imersivos passarão a fazer parte da nossa realidade, trazendo benefícios na saúde e alta performance. Na solução apresentada, a realidade aumentada disponibiliza uma forma única de interagir com cenários digitais, de forma imersiva e num ambiente controlado para prevenir lesões. Por outro lado, a quantidade e qualidade, de dados que são possíveis de recolher permitem um estudo muito mais completo do atleta e da sua evolução, permitindo corrigir os movimentos e ajudar os atletas a criar uma ‘memória’ muscular e postural. Possibilitam, também, ao técnico desportivo orientar e melhorar a tomada de decisões dos atletas, um aspeto cada vez mais fundamental no desporto de alta performance.”

 

As ideias submetidas foram avaliadas por um júri, composto por Jorge Graça, administrador e CTO da NOS, João Ferreira, Diretor da NOS Inovação, e Rodolfo Condessa, da ARMILAR, venture capital que apoia a NOS no seu Fundo 5G.

 

A iniciativa Open Innovation Challenges, enquadrada no âmbito do projeto Tech4Innov, é promovida pela ANI, no âmbito do Sistema de Apoio a Ações Coletivas - Transferência de Conhecimento Científico e Tecnológico, cofinanciado pela União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, enquadrado no Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (COMPETE 2020) do Portugal 2020. Visa promover a transferência de conhecimento entre a indústria e a academia, de modo a criar valor para economia nacional, estimulando a criação de produtos e serviços inovadores, que respondam aos desafios atuais.

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 25 de junho de 2024 – 22:12:23

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...